Começou a “1ª Semana do Homem do Campo”, no IFBaiano

Por Lúcio Andrade / O Sollo

alt

O Produtor rural do extremo sul do estado, foi contemplado com a realização da 1ª semana do homem do campo, nas instalações do IFBaiano em Teixeira de Freitas. O evento começou na manhã desta terça-feira, dia 05 de julho, e vai até o dia 08, sexta-feira.

Na programação, palestras sobre apicultura, café, pecuária de leite e pecuária de corte, irão movimentar a semana do produtor rural, que ainda terá a oportunidade de participar de cursos e oficinas sobre a vida no campo.

alt

A abertura do evento, contou com a presença do superintendente adjunto do SENAR, Humberto Miranda; do diretor geral do Instituto Federal Baiano, Marcelito Trindade; do secretário municipal de Agricultura de Teixeira de Freitas, Luis Henrique; do representante do Sindicato Rural de Teixeira de Freitas, Adler Neiva, e do gestor de projetos de agronegócios do Sebrae, Ismael Trindade.

alt

O superintendente Humberto Miranda falou sobre a importância do homem do campo para a economia do país. “Por traz do desenvolvimento de uma cidade, de uma nação, existe uma força humana no exercício de uma atividade pouco reconhecida, mas de grande importância no dia-a-dia de cada brasileiro. Nem sempre lembrados, eles são responsáveis pela geração de emprego e renda, movimentam a economia e tornam a agricultura competitiva. São os agricultores os responsáveis pelo importante processo de produção de alimentos. O preparo do solo para o plantio, o cuidado com a lavoura, a colheita dos frutos, o trato com o gado, entre outras atividades”, ressaltou.

alt

Já o produtor Adler Neiva, representando o Sindicato Rural de Teixeira de Freitas, avaliou de forma positiva a realização do evento, e pediu que os participantes extraiam o máximo possível de conteúdo, para aplica-los na vida do campo.

alt

O secretário de Agricultura, Luis Henrique, colocou a secretaria a disposição dos produtores e anunciou a realização da 3º Semana do Produtor, que acontece na terceira semana deste mês.

alt

Marcelito Trindade, diretor-geral do IFBaiano, disse que a iniciativa do projeto é essencial para melhoria da vida do homem do campo que tem nas atividades, a oportunidade de atualizar os conhecimentos, “esse tipo de evento deve acontecer mais vezes”.

Durante toda a semana, os produtores rurais receberão conteúdo técnico e prático em 17 palestras, dois cursos e três oficinas, na realização da 1ª Semana do homem do campo no extremo sul.

Ao final, Humberto Miranda se disse feliz pela excelente participação no evento, de produtores que empreendem, administram, inovam, que respeitam a terra, que prosperam vendo crescer a vida, em diferentes formas e culturas. Agricultores que buscam conhecimento para aprimorar o trabalho, que se unem para enfrentar as dificuldades, buscam apoio, fazem diferença. Não se deixam abater pelos problemas, ao contrário, seguem em frente no caminho do progresso.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui