Coelba explica apagão que atingiu Sul e Extremo Sul nesta tarde

Em Teixeira, apagão dificultou o trânsito na rotatória da Pão Gostoso. Fotos: Elizeu Portugal/OSollo

Um apagão causou alarde no final da tarde desta quinta-feira, 18 de abril, no Sul e Extremo Sul da Bahia. Moradores de Prado, Lajedão, Eunápolis e Teixeira de Freitas relataram o problema nas redes sociais.

Em Teixeira, a falta de energia piorou ainda mais a situação do trânsito em trechos que já apresentam problemas, como a rotatória da Pão Gostoso. Internautas brincaram que se tratava da Índia – um dos países de trânsito mais caótico do mundo [Veja o vídeo abaixo].

Nossa Redação solicitou à Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba) informações e, em nota, a empresa disse que o apagão foi em decorrência de uma falha na subestação Funil, pertencente à Companhia Hidrelétrica do São Francisco (CHESF).

Veja nota na íntegra:

A Coelba informa que em decorrência de uma falha na subestação Funil, pertencente à Companhia Hidrelétrica do São Francisco (CHESF), municípios do Sul e Extremo Sul da Bahia tiveram o fornecimento de energia interrompido, na tarde desta quinta-feira (18) às 17h27.
O problema da CHESF provocou ainda uma oscilação de tensão entre 17h03 e 17h26.
A energia nestas regiões começou a ser normalizada às 18h30, assim que a CHESF restabeleceu o fornecimento de energia à Coelba. Às 18h40, mais de 99% dos clientes já tinham o fornecimento de energia normalizado.

4 COMENTÁRIOS

  1. O engraçado e q se vc estaciona seu veículo em local impróprio aparece um agente de trânsito e te multa agora acontece esse problema e trânsito fica caótico e nao aparece um pra poder organizar ou tentar né rsrs

    • O que eles querem é algo fácil como multar veículos, agora normalizar o trânsito ou tentar normalizar naquela situação dar muito trabalho então é melhor eles ficarem rm seus estabelecimentos a final eles recebem do mesmo jeito.

  2. Já não é de hoje que está emprezinha chamada Coelba vem trazendo prejuízos com descaso e desrespeito a população sul baiana. Isso se tornou rotina aqui no sul da Bahia. A população vem tendo muito prejuízos, principalmente o comércio, escolas, e demais atividades. Devemos tomar alguma atitude contra esta empresa. E as autoridades devem cobrar desta famigerada emprezinha uma atitude mais responsável.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui