Cláudia Oliveira mobiliza gestores da Costa do Descobrimento para ações conjuntas no combate ao coronavírus

 

Cláudia Oliveira mobiliza gestores da Costa do Descobrimento para ações conjuntas no combate ao coronavírus. Foto: Ascom

Os prefeitos dos municípios integrantes do Consórcio de Desenvolvimento Sustentável da Costa do Descobrimento (Condesc) participaram de uma reunião extraordinária nesta segunda-feira, 27/4, em Eunápolis, para tratar da situação emergencial que estão atravessando por conta da pandemia do coronavírus.

O encontro, proposto pela prefeita de Porto Seguro, Cláudia Oliveira, contou com a participação dos prefeitos de Eunápolis, Robério Oliveira; Cabrália, Agnelo Santos; Itapebi, Juarez Oliveira (Peba); Itagimirim, Devanir Brillantino; e Itabela, Luciano Francisqueto. “Acredito que precisamos nos unir neste momento, pois teremos mais força e representatividade desenvolvendo ações em conjunto, já que estamos vivendo problemas muito semelhantes”, disse a gestora de Porto Seguro.

 A prefeita propôs que todos os municípios façam compras de máscaras artesanais de pessoas físicas e jurídicas das próprias cidades para distribuição gratuita, incentivando a geração de emprego e renda local e também apoiando na ação de prevenção da saúde de todos, já que o uso da máscara é recomendado e até mesmo obrigatório em diversas situações. A proposta foi prontamente aceita e será encaminhada para os devidos trâmites legais, através de edital de chamamento.

Análise técnica

Cláudia Oliveira estava acompanhada dos seus secretários de Finanças, Davi Dultra, e Saúde, Kerrys Ruas, que explanaram sobre questões mais técnicas referente ao enfrentamento da covid-19. Segundo o secretário de Finanças, Davi Dultra, a queda na arrecadação já está sendo sentida pelos municípios e pode se agravar. Por isso a importância de mecanismos para busca de soluções em conjunto, como o remanejamento de emendas parlamentares.

Já o secretário de Saúde, Kerrys Ruas, destacou que o montante recebido até agora por Porto Seguro foi de aproximadamente R$ 1,4 milhão que só pode ser destinado para providências relacionadas no combate à doença, não podendo ser usado para pagamento de salários ou doação de cestas básicas.

“Estamos atravessando um momento muito delicado em todo o mundo e precisamos estar unidos, centrando esforços para que façamos o melhor para atravessar essa fase tão difícil e complexa para todos os municípios e seus gestores. Saímos daqui mais fortes, certos de que estamos seguindo o melhor caminho”, finalizou a prefeita Cláudia.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui