Chefe da segurança entrega Temer a manifestantes no Sírio

Foto: Adriano Machado/Reuters

Michel Temer poderia ter passado sem as vaias e xingamentos que recebeu ao visitar Lula no Hospital Sírio-Libanês, ontem, em São Paulo.Sempre que vai ao Sírio, ele entra por uma porta nos fundos do prédio, justamente para evitar abordagens desagradáveis. Mas ontem quem deve prezar por sua tranquilidade errou.

O chefe da segurança presidencial garantiu ao chefe que a barra estava limpa, sem qualquer sinal de manifestantes.  Temer acreditou. Deu no que deu.

Fonte: Radar On-line

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui