Canavieiras quer turismo em todas as estações

Com foco na ocupação dos equipamentos turísticos na baixa estação, o Secretário do Turismo e Esporte, Fernando Volpi, esteve em São Paulo onde se encontrou com o diretor de Produtos Nacionais da CVC, Luiz Viveiros. No encontro, realizado no Bourbon Convention Ibirapuera, sexta-feira (17), ficou acordado que Canavieiras será divulgada pela agência logo após a visita do executivo à região, quando o destino turístico será analisado sob o binômio disponibilidade-competitividade.

No quesito disponibilidade, Fernando Volpi enfatizou a oferta de 1.200 leitos em pousadas de diferentes categorias, as quais serão visitadas ou contatadas pela CVC para os acertos diretos e finais. O credenciamento de pousadas, restaurantes e cabanas é feito diretamente com os empresários e a prefeitura apenas fornece os links. Quanto à competitividade, Volpi entregou um DVD com os diferenciais de nossa região, particularmente ao longo dos rios e mangues e nas barras sul e norte.

Fernando Volpi ressaltou a importância que o prefeito Almir Melo tem dado ao turismo, com o mapeamento de roteiros na zona rural e para o turismo de aventuras, tendo como piloto a próxima expedição fluvial de Santa Luzia (Fazenda Jacarandá) a Canavieiras descendo o Rio Pardo em caiaques, no dia 1° de fevereiro, com escala no Estreito. Outro roteiro, mais audacioso, está em fase final de mapeamento: a lagoa do Rocha, além do roteiro já mapeado pelo Ecomotion Pro em 2013.

Como a CVC tem agências em todo o país e no exterior, um dos projetos de Fernando Volpi é instalar nas vitrines das principais filiais, réplicas de caranguejos de artesãos canavieirenses, com chamadas para o Festival Nacional do Caranguejo, que será realizado em junho próximo. A primeira réplica, já pronta e criada pelo artesão Manoel, recentemente formalizado na Sala do Empreendedor (Sebrae), será entregue à agência CVC de Salvador, no shopping do mesmo nome, conforme entendimentos com a coordenadora-geral da Bahia, Martha Lobo.

Esportes – Ainda em São Paulo, o Fernando Volpi esteve no Sesc Pompéia, onde se reuniu com os atletas olímpicos Arthur Zanetti e Sérgio Sasaka, durante apresentação para dezenas de ginastas em treinamento. A Ginástica Artística (ou Olímpica) está nos planos do Governo da Reconstrução para implantação ainda em 2014 e tem como alvo crianças de 6 a 14 anos. Os atletas manifestaram a Fernando Volpi apoio solidário ao projeto. Nesta segunda-feira (20) o projeto recebeu, ainda, a cooperação de Georgette Vidor, técnica do Flamengo e treinadora de campeões olímpicos como os irmãos Hypólito, Diego e Daniele.

O atleta paraolímpico Andrezinho Carioca, primeiro cadeirante a surfar perigosamente, inclusive na desafiadora pororoca, já manifestou seu apoio ao projeto. Volpi acredita que poderá trabalhar os ginastas de Canavieiras, dado o interesse dos Jogos Olímpicos de 2016. Entendimentos estão adiantados para a utilização das instalações do Centro Poliesportivo Julia Thompson, para o treinamento inicial. Volpi acredita no esporte como importante instrumento de prevenção e de combate às drogas, como tônico de fortalecimento da personalidade e ferramenta de inclusão.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui