Câmara mantém parecer do TCM que rejeita as contas de Giovanni Brillantino

Legislativo rejeitou as contas do exercício do ano de 2008, último da administração de Brillantino
A Câmara Municipal de Itagimirim pode ter destruído o sonho do ex-prefeito Giovanni Brillantino de ser mais uma vez prefeito em Itagimirim.
Em sessão ordinária, realizada nessa segunda, 13, o Poder Legislativo Municipal colocou em primeira votação o parecer do Tribunal de Contas do Município (TCM) que sugeria a reprovação das contas do ex-prefeito Giovanni e de seu vice, Francisco Alex Pinheiro dos Santos (Kiko), do ano de 2008, último ano como prefeito.
O parecer do TCM foi mantido por dois membros da Comissão de Finanças da Câmara, os vereadores Luiz Carlos Silva Júnior e Luis Guimarães e, depois em votação secreta, mantido por 5 dos 9 vereadores. Ou seja, as contas do exercício de 2008 do ex-prefeito foram rejeitadas por 5 votos a 4 pelo colegiado da Câmara Municipal.
A decisão ainda vai para uma segunda votação em sessão ordinária no 27 de setembro, mas a população que durante o final de semana e também na segunda-feira que se mobilizou em apoio ao parecer do Tribunal , não deixou de vibrar com a decisão dos edis.
Se em segunda votação os vereadores continuarem mantendo o voto pelo parecer do TCM , o ex-prefeito ficará inelegível por oito anos.

Fonte: Ascom da Prefeitura de Itagimirim

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui