Buscar a quem nos busca

“Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso.” (Mateus 11.28)

Os Evangelhos falam sobre Jesus como o Deus que se fez gente e andou entre nós. Em nossa condição de pecadores não poderíamos ir a Deus e resolver nossa questão relacional com Ele. Mas Deus nos amou e então enviou Seu Filho. E entre nós, Jesus declarou de diversas formas que veio para buscar os perdidos, para perdoar pecadores, para dar vida e saciar a sede. Todas essas são expressões que indicam reconciliação com Deus. Indicam a possibilidade de uma vida em que podemos contar com Sua direção, consolo e suas promessas. A certeza de que Ele esta e estará conosco.

Mas o Deus que veio a nós também nos convida a ir a Ele. Ser encontrado por Deus, também envolve procura-lo. Quem o busca o encontrará, embora, de fato e na verdade, será encontrado. Há um mistério nisso, mas é assim! Sem nos dirigirmos a Deus nem mesmo perceberemos Seus movimentos em nossa direção. Ele já veio a nós, já percorreu a maior distância. De sua parte, disse Jesus, está concluído, está consumado (Jo 19.30). Há algo que nos cabe em nossa relação com Deus. Temos uma resposta a dar, uma atitude a tomar. Ele nos buscou e devemos buscá-lo. Ele veio a nós, e agora nos convida: venham a mim.

Mas há diversas coisas que podem nos atrapalhar na atitude de buscar o Deus que tem nos buscado. Nossa auto-suficiência também é um sério obstáculo. Nossas ilusões sobre a vida e uma atitude interesseira, de quem busca desejando beneficiar-se apenas, também atrapalha. Nossa incansável busca por sucesso ao nosso estilo, alcançando coisas e nos perdendo de pessoas nos desvia de Deus. Interessante é que Jesus chama os cansados e sobrecarregados. Esta vida cansa e estar cansado significa ter percebido que precisamos de algo que ela não pode nos dar. Em nossa relação com Deus, fraqueza, cansaço e estarmos no limite, pode ser o que nos faltava para entender o quanto precisamos dele. Mas, seja como estiver, vá. Ele está chamando!

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui