Bolsonaro surpreende e faz pouso não programado em Vera Cruz, distrito de Porto Seguro

Passagem do presidente trouxe atos de apoio ao turismo, economia e infraestrutura

Bolsonaro toma café na casa de moradora. Fotos: Reprodução

Moradores da pequena vila de Vera Cruz, distrito de Porto Seguro, vivenciaram momentos históricos no dia 17 de dezembro, quinta-feira. Na ocasião, o presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, surpreendeu a todos ao fazer uma descida de helicóptero, não programada, em um campo de futebol.

Durante a rápida passagem pela localidade, Bolsonaro foi recepcionado de forma calorosa e hospitaleira. Andou cercado pelos moradores, entrou em uma casa e foi até a cozinha, onde conversou e tomou um tradicional “cafezinho”.

Foram minutos que, certamente, ficarão gravados na memória dos que estavam presentes. Logo em seguida, o chefe máximo do Executivo Federal ainda ouviu pedidos da população e seguiu viagem.

Em Porto Seguro, Bolsonaro se encontrou com autoridades locais e simpatizantes. Conforme sua agenda oficial, participou da cerimônia de assinatura de atos de apoio ao setor produtivo [leia mais aqui].

Pouso foi feito em campo de futebol da vila

Mais turismo e economia para a Bahia

Do mesmo modo, outro compromisso do presidente, na mesma tarde, deixou os baianos otimistas e satisfeitos por sua passagem pelo estado.

Em Jacinto (MG), onde também foi ao encontro da população e fez carreata, Bolsonaro lançou a pedra fundamental para implantação e pavimentação de trecho da BR-367 até o município de Salto da Divisa (MG).

Em Vera Cruz, população recepciona Bolsonaro

Geograficamente, a estrada está instalada como uma das principais vias de acesso às praias do sul da Bahia. Ela é também utilizada no escoamento de madeira de eucalipto oriunda do Vale do Jequitinhonha com destino às fábricas de celulose, na região baiana.

A BR-367 passa por municípios como Santa Cruz de Cabrália, Coroa Vermelha e Porto Seguro, na Bahia, e Araçuaí, Diamantina e Gouveia, em Minas Gerais.

Além de fomentar a indústria do turismo, o trecho a ser implantado atenderá, ainda, à demanda de transporte de granito, que abastece o mercado nacional e até o internacional, sendo exportado por portos localizados no litoral baiano.

O investimento do governo federal na obra é de cerca de R$ 157 milhões e a previsão de conclusão é em 2022. Serão 61,6 quilômetros de rodovia pavimentados.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui