Bolsonaro sinaliza veto e deputados desistem de turbinar fundo eleitoral para R$ 3,8 bi

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Líderes partidários recuaram da ideia de aumentar o fundo eleitoral para R$ 3,8 bilhões – que chegou a ser aprovado pelos parlamentares, com o voto de seis baianos -, e agora ele volta a ficar em R$ 2 bilhões.

Segundo o jornal Folha de São Paulo, o recuo aconteceu após o presidente Jair Bolsonaro sinalizar que vetaria o montante, caso este fosse aprovado pelo Congresso.

Foi cogitado ainda um aumento para R$ 2,5 bilhões, mas mesmo este valor foi descartado. O deputado Domingos Neto (PSD), responsável pelo relatório na Comissão de Orçamento, divulgará o valor final na sessão desta terça-feira (17).

Fonte: Bahia.ba

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui