Boletim parcial: 2º turno registra mais de 100 trocas de urnas na Bahia

A votação seguiu tranquila nesta escola no bairro Redenção, em Teixeira de Freitas. Foto ilustrativa/OSollo

Até às 16h deste domingo (28/10), 219 urnas apresentaram problemas em todo o estado. Desse total, 159 urnas eletrônicas foram substituídas.

As outras passaram por ajuste de data e hora, reinicialização, alteração para uso de bateria interna ou troca do módulo impressor. Salvador lidera o número de ocorrências, com um total de 48 substituições de urnas eletrônicas. Em seguida, vem o município de Vitória da Conquista, com mais de 11 registros de troca de urna.

No município de Cordeiros, pertencente a 60ª Zona Eleitoral, houve registro de falta de energia elétrica no Centro Educacional Presidente José Sarney, no bairro Alvorada, zona rural da cidade.

Outras ocorrências

Em Itanhém, na Zona Eleitoral 148, houve ajuste ou troca de papel/bobina. Em Medeiros Neto, Zona Eleitoral 153, uma urna teve que ser substituída na seção 68.

Em Guanambi, um cartaz teve que ser retirado do local por conter nomes dos candidatos. Era um trabalho de alunos.

Na 120ª Zona Eleitoral de Valente, foram registradas seis prisões por desobediência à ordem judicial eleitoral (Portaria nº 7/2018) que proibiu o consumo e venda de bebida alcoólica no município.

Em Chorrochó (158ª Zona Eleitoral), houve uma prisão por boca de urna e arregimentação de eleitores, infringindo o art. 39, § 5º, inciso II, da Lei nº 9.504/97, e em Ilhéus (26ª Zona Eleitoral) houve prisão de eleitor por divulgação de propaganda (Art. 39, § 5º, inciso III, da Lei nº 9.504/97). Em Itapetinga (140ª Zona Eleitoral), um eleitor foi preso por filmar a urna eletrônica por na cabine de votação.

Durante primeira entrevista coletiva prevista para este domingo (28/10), 2º turno da votação, o presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), voltou a afirmar que acredita em um pleito mais tranquilo.

Conforme o desembargador Rotondano, “os locais de votação estão sem filas. Diferente do que ocorreu no primeiro turno da eleição, esta etapa está acontecendo de maneira mais rápida. É como eu disse. No primeiro turno nós tínhamos que escolher seis pessoas em quem votar, e além disso digitar 19 números e mais a biometria, e isso impactou o término da eleição. Agora, com apenas dois candidatos, facilita muito”.

Fonte: TRE-BA

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui