Barro Preto cancela São João por dívidas

Diante da situação financeira em Barro Preto e os gastos normais da administração, como saúde, educação, assistência social e outras, a prefeita Jaqueline Motta (PT) decidiu suspender os festejos juninos.

“Não vou fazer festa e comprometer o salário do servidor, não vou fazer festa e deixar de honrar com as minhas obrigações com a saúde e educação”.

Barro Preto, no Sul da Bahia, tem receitas limitadas e basicamente sobrevive de FPM que a partir deste mês tem queda substancial. Além disso, o município tem pendências no Cauc, Siafi, Sincov e Sicon.

A falta de certidões negativas inviabiliza financiamentos do Governo Federal ou Estadual para a festa.

 

Fonte: A Região

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui