Bahia teve maior número de homicídios no país em 2013, diz estudo

Em comparação com o ano anterior, houve queda tanto no número absoluto de mortes, quanto na taxa de homicídios

A Bahia é o estado que teve o maior número absoluto de mortes no ano de 2013 em todo o país. Os dados foram divulgados pela organização não governamental Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), nesta terça-feira (11), durante a oitava edição do Anuário de Segurança Pública. De acordo com o documento, 5.440 pessoas foram mortas no estado, que representa uma taxa de homicídios de 36,1, a oitava pior do país.

Em comparação com o ano anterior, houve queda tanto no número absoluto de mortes, quanto na taxa de homicídios – que se manteve estável em 38,5 em relação a 2012, quando 5.462 foram mortas. Esse número representa retração de 7,47% e 12,9% em relação a taxa de mortos.

De acordo com o Fórum, São Paulo reduz os índices de violência desde 1990 e continua sendo o estado com menor taxa de homicídios do país. Em números absolutos, o total de mortes caiu de 5.209 para 4.739, uma redução de 9,02%. Alagoas apresentou a pior taxa do país. Foram 64,7 vítimas para cada 100 mil habitantes, o que representa alta de 0,4% em relação a 2012.

Confira ranking dos estados por homicídios a cada 100 mil habitantes em 2013

Alagoas

64,7

Ceará

48,3

Espírito Santo

40,6

Sergipe

40

Goiás

39,9

Pará

39,9

Paraíba

38,6

Bahia

36,1

Mato Grosso

32,6

Pernambuco

31,9

Seis pessoas morrem por hora no Brasil

De acordo com o anuário, quase seis pessoas foram assassinadas, por hora, no Brasil. Em números absolutos, 50.806 foram vítimas de homicídios dolosos (5,8 pessoas mortas a cada hora). Em comparação com o ano passado, quando foram registradas 50.241 de vítimas, houve redução de 2,6%.

A taxa registrada de óbitos por grupo de 100 mil foi de 25,9.Em números absolutos, no entanto, houve aumento de 1,1%, tendo em vista que foram contabilizados 50.241 de vítimas no ano anterior. Para a organização, a redução no indicador per capita pode ser explicada pelo crescimento da população.

Na avaliação do FBSP, é necessário reduzir anualmente 5,7% dos crimes para que a taxa de homicídios seja de 65,5% até 2030. A projeção foi feita a partir dos números do estado de São Paulo, que apresentou os melhor desempenho nos últimos 13 anos.

 

 

Fonte: Correio, com agências

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui