Bahia registra 52 ocorrências durante 2º turno das eleições; 27 são presos

Neste domingo (26), milhares de baianos foram às urnas para votação.

Presidente Dilma foi reeleita com 51,64% dos votos; Aécio teve 48,36%.

Neste domingo (26), milhares de baianos foram às urnas para o 2º turno das eleições. A presidente Dilma Rousseff (PT) foi reeleita com 51,64% dos votos válidos, enquanto o candidato Aécio Neves (PSDB) teve 48,36%. Na Bahia, 70,16% dos eleitores votaram a favor da reeleição da candidata do Partido dos Trabalhadores e 29,84% optaram por Aécio Neves. As abstenções totalizaram 24,81%. A apuração das urnas na Bahia foi encerrada às 22h.

De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) na Bahia, 208 urnas eletrônicas foram substituídas na Bahia, sendo 168 no interior e 40 em Salvador. Em relação às 52 ocorrências contabilizadas, 27 resultaram em prisões. Dez delas foram por boca de urna, nas cidades de Ipiaú (1), Ubaitaba (6), Jaconina (2) e São Gonçalo dos Campos (1).

Outras 17 prisões ocorreram por conta de divulgação de propaganda (1), transporte irregular de eleitores (7) e um caso de agressão envolvendo um jornalista. Os oito casos restantes não tiveram os motivos informados.

A reportagem percorreu por diversos colégios eleitorais durante o dia de votação na capital. Militantes de ambos os partidos em disputa eleitoral discutiram em frente à Faculdade de Administração da UFBA, no Vale do Canela. A Polícia Militar precisou intervir e a situação foi controlada. Já no interior do estado, na cidade de Maragogipe, a 140 quilômetros de Salvador, um homem foi preso após disparar tiros na porta de um colégio eleitoral durante uma briga, mas ninguém foi atingido.

Em Pojuca, a 70 quilômetros de Salvador, o presidente de uma seção eleitoral foi detido por crime eleitoral. O problema envolveu duas eleitoras; uma delas queria votar e a outra justificar, porém, a mulher que deveria ter justificado acabou votando. O TRE informou que o presidente da seção cometeu um equívoco, foi substituído e a votação seguiu normalmente. Ele e as duas eleitoras foram encaminhados para a delegacia para prestar esclarecimentos e um inquérito vai ser enviado ao Ministério Público.

Durante a manhã e o início da tarde deste domingo, motoristas enfrentaram trânsito congestionado nas regiões dos principais locais de votação em Salvador. Porém, já no decorrer do dia, as principais vias da cidade não registraram problemas no tráfego.

 

 

 

Fonte: G1

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui