Bahia registra 2.248 casos confirmados de Covid-19; Teixeira tem 7 casos suspeitos em acompanhamento

Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia analisa mais de 15 mil amostras de Covid-19 em menos de 60 dias

Boletim atualizado de Teixeira. Foto: Ascom

O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) analisou 15.475 amostras de casos suspeitos de coronavírus (Covid-19) entre 1º de março e as 15h30 de hoje (26). No momento, há 1.840 exames aguardando resultado devido ao incremento gerado pela região Sul, sobretudo, pelos municípios de Ilhéus e Itabuna. O aumento expressivo do número de exames processados, que alcança 1.000 por dia, deve-se ao investimento do Governo do Estado na unidade, que passou a contar com novas máquinas e funciona 24 horas, inclusive aos finais de semana.

A Bahia registra 2.248 casos confirmados de Covid-19, o que representa 19,86% do total de casos notificados no estado. Considerando o número de 473 pacientes recuperados e 74 óbitos, 1.701 pessoas permanecem monitoradas pela vigilância epidemiológica e com sintomas da Covid-19, o que são chamados de casos ativos.

Os casos confirmados ocorreram em 124 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (60,36%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 habitantes foram Ilhéus (1028,79), Uruçuca (974,71), Itabuna (675,35), Coaraci (588,48) e Gongogi (561,17).

No momento, 250 pacientes confirmados para Covid-19 em toda a Bahia encontram-se internados, sendo 73 em UTI. O boletim epidemiológico registra 5.360 casos descartados e 11.332 notificações em toda a Bahia. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

Óbitos

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) contabiliza 74 mortes pelo coronavírus nos seguintes municípios: Adustina (1); Água Fria (1); Araci (1); Belmonte (1); Camaçari (1); Capim Grosso (1), Catu (1), sendo que a paciente foi contaminada na capital baiana; Feira de Santana (1); Gongogi (2); Ilhéus (4); Ipiaú (1); Itabuna (3); Itagibá (1); Itapé (1); Itapetinga (2); Juazeiro (1); Lauro de Freitas (5), um dos óbitos era residente no Rio de Janeiro; Nilo Peçanha (1); Salvador (39); Uruçuca (4); Utinga (1); Vitória da Conquista (1). Estes números contabilizam todos os registros de janeiro até as 17 horas deste domingo (26).

O 74º óbito foi registrado em 16 de abril, no entanto, apenas hoje (26) a vigilância epidemiológica estadual obteve acesso a Declaração de Óbito do paciente que estava internado em um hospital da rede privada de Salvador, mesmo após reiterados contatos telefônicos e o envio de e-mails para a unidade. O paciente era um homem de 65 anos, com histórico de hipertensão. Na oportunidade, esclarecemos que todas as unidades públicas e privadas que possuem casos de notificação compulsória devem fazê-los imediatamente.

De acordo com a Nota Técnica n° 54 (disponível em saude.ba.gov.br/coronavirus), as unidades de saúde devem realizar a coleta de amostras somente quando o caso suspeito de Covid-19 se enquadrar nos critérios abaixo:
1. Pacientes internados com suspeita de COVID-19;
2. Pacientes com síndrome respiratória aguda grave (SRAG);
3. Profissionais de saúde com síndrome gripal suspeitos de COVID-19, ou contactantes de casos confirmados de COVID-19 mesmo assintomáticos;
4. Pacientes que foram a óbito com suspeita de COVID-19 cuja coleta não pôde ter sido realizada em vida;
5. Pessoas com febre, suspeitas de infecção, triadas nos aeroportos, portos e nas estradas.

Observação: pacientes que não se enquadrem nas situações acima não têm indicação para coleta de amostras.

Definição de caso suspeito de coronavírus (Covid-19):
Definição 1 – Síndrome Gripal (SG): indivíduo com quadro respiratório agudo, caracterizado por sensação febril ou febre, mesmo que relatada, acompanhada de tosse ou dor de garganta ou coriza ou dificuldade respiratória.
– Em crianças (menos de 2 anos de idade): considera-se também obstrução nasal, na ausência de outro diagnóstico específico.
– Em idosos: a febre pode estar ausente. Deve-se considerar também critérios específicos de agravamento como sincope, confusão mental, sonolência excessiva, irritabilidade e inapetência.
Definição 2 – Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG): Síndrome Gripal que apresente: dispneia/desconforto respiratório ou pressão persistente no tórax ou saturação de O2 menor que 95% em ar ambiente ou coloração azulada dos lábios ou rosto.
– Em crianças: além dos itens anteriores, observar os batimentos de asa de nariz, cianose, tiragem intercostal, desidratação e inapetência.

Boletim de Teixeira de Freitas

A Secretaria Municipal de Saúde de Teixeira de Freitas informou neste domingo, 26 de abril, seis novos resultados negativos nos testes para COVID-19 e a manutenção dos números positivos em comparação ao quadro de ontem.

Quando há coleta de material e envio para o LACEN-BA de Salvador, o tempo de espera do resultado tem sido de, no máximo, 72 horas. Os últimos resultados foram ainda mais rápidos, por conta dos “testes rápidos” que chegaram ao município, tanto para rede pública, quanto privada. São, somente, os resultados obtidos pelo LACEN-BA, os que integram o boletim estadual. Em nome da prevenção, a Secretaria Municipal de Saúde recomenda: fique em casa.

Os números atuais são de: 16 confirmados, sendo que 14 estão recuperados. Sete casos positivos são resultantes de atendimentos da rede privada. São 90 descartados, 7 casos suspeitos em acompanhamento pelo município, aguardando resultado. Totalizando 113 casos notificados.

O paciente em estado grave segue na UTI.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui