Atacadão Rondelli de Eunápolis passa por perícia técnica

Engenheiros civis estiveram no local para coordenar a retirada dos destroços e avaliar as estruturas do prédio após o acidente ocorrido neste último sábado.

A cobertura de manta térmica do prédio foi arrancada com a força do vento

As fortes chuvas e ventos provocaram a destruição do teto do Atacadão Rondelli em Eunápolis, neste sábado, 08 de dezembro. No início da tarde, o vendo arrancou parte da cobertura metálica que funcionava como uma manta térmica do prédio.

No momento do acidente, o mercado estava aberto ao público e todos os funcionários e clientes foram retirados imediatamente do local e ninguém se machucou.

Engenheiros civis avaliam a situação das estruturas do prédio

Engenheiros civis estiveram no local para avaliar a situação e discutir uma forma de retirar parte da cobertura que ainda estava presa ao imóvel. Os trabalhos de remoção tiveram que ficar parados por cerca de duas horas e meia por conta de um caminhão estacionado ao lado do muro do prédio. O dono do veículo não foi localizado e somente depois que a Polícia Militar foi acionada é que houve a autorização para guinchar o veículo. Os engenheiros responsáveis ainda não divulgaram informações sobre as estruturas do prédio após o acidente ou quando a empresa voltará às suas atividades normais.

Um guincho teve que ser chamado para retirar o caminhão estacionado ao lado do prédio

De acordo com o secretário de Infraestrutura de Eunápolis, Pedro Bonomo, que esteve presente no local, a prefeitura tomou conhecimento do acidente logo após o ocorrido e está prestando apoio. “É um acontecimento sem nenhuma precedente, mas nós estamos dando  o apoio necessário e também ajudando a coordenar as ações de retirada da estrutura metálica sem prejudicar o prédio ou por em risco as pessoas”, finalizou.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui