Assentamentos do sul da Bahia têm evento sobre agroecologia

O Assentamento Terra Vista (BA) sedia o I Encontro Regional sobre Sustentabilidade em Assentamentos Rurais e a 2ª. Oficina Manejo Agroecológico do Cacaueiro a partir desta quarta-feira (4), até domingo (8). Situado no município de Arataca, no Litoral Sul do estado, o assentamento aposta na agroecologia como modelo para o desenvolvimento sustentável.

O evento objetiva difundir uma nova visão sobre o cultivo e os benefícios da agroecologia. Na programação, destacam-se atividades teóricas e práticas sobre a produção de mudas e coletas de sementes, enriquecimento florestal com o plantio de mais árvores nativas e manutenção das nascentes d’água com a recuperação de matas ciliares.

A expectativa é da participação de 150 pessoas, entre estudantes, agricultores familiares, indígenas e assentados de oito áreas de reforma agrária situadas no Litoral Sul e Extremo Sul do Estado.

Assentamentos da região contam hoje com viveiros com capacidade produtiva de 80 mil mudas frutíferas, para recomposição florestal e cacaueira. Todo o processo produtivo das mudas é certificado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Dentre as mudas produzidas na Terra Vista, estão espécies valiosas para a manutenção do bioma Mata Atlântica, como Jequitibá, Ipê Amarelo, Jacarandá e Pupunha.

No assentamento Terra Vista funcionam o Curso Superior em Agronomia e os cursos médios em Agroecologica e Computação, além do Centro Educacional Florestan Fernandes e da escola estadual Milton Santos. A reserva legal do assentamento é maior do que o mínimo exigido, de 20%. A área do Terra Vista é de 904 hectares e a reserva legal chega a 313 hectares (cerca de 35% do total).

 

Fonte: Comunicação MDA

 

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui