Aprendendo com a vida

“Sei o que é passar necessidade e sei o que é ter fartura. Aprendi o segredo de viver contente em toda e qualquer situação, seja bem alimentado, seja com fome, tendo muito, ou passando necessidade.” (Filipenses 4.12)

Nós, seres humanos, devemos muito de nosso conforto e qualidade de vida à nossa capacidade de adaptação. Adaptar-se envolve aspectos físicos, emocionais, intelectuais. Quando não estamos adaptados nos sentimos deprimidos, desconfortáveis ou, como alguns costumam dizer, nos sentimos “fora de lugar”. Acostumar-se com o que é bom é fácil. Nosso problema está com o que não julgamos ser bom, com faltas, carências, pobreza e coisas semelhantes. Paulo nos oferece um testemunho de seu profundo aprendizado com tudo que atravessou. Ele aprendeu a viver sem perder o ânimo nas mais diversas situações.

No capítulo quatro ele nos orienta sobre sermos firmes, nos alegrar no Senhor, não andar ansiosos e orar sobre nossas necessidades. Nos diz para demonstrarmos amabilidade a todos… são desafios que a vida cristã exige que enfrentemos. E será muito importante para nós se aprendermos a lidar com os momentos paradoxais da vida: ter e não ter, ser lembrado e ser esquecido, ser compreendido e ser incompreendido, ganhar e perder, sorrir e chorar, ter sucesso e ter fracasso, e assim por diante. Como já avisava Eclesiastes, na vida haverá momentos de todos os tipos (Ec 3). Alguns afirmam que Deus livra seus filhos de todas as dores. Dizem que sempre ganham e nada lhes atinge. Estranho isso! Os heróis da fé tiveram experiências mais parecidas com as de Paulo do que com a desses super cristãos.

Temos aprendido com Paulo que a vida cristã não é uma proposta de sucesso segundo os parâmetros humanos, segundo o reino dos homens, mas segundo o Reino de Deus. O fundamento do sucesso está em quem nos tornamos, com o tipo de caráter e coração resultantes da vida que levamos. Jesus é o nosso alvo. As dificuldades e conquistas, os momentos maravilhosos e os horrorosos, tudo enfim Deus pode usar para o nosso bem, para nossa formação. A vida normalmente já tem suas provações, afinal, vivemos num mundo caído. A questão é: já sabemos como lidar com as circunstâncias? Paulo aprendeu e nós também devemos aprender. E aprenderemos, vivendo. Em parte, isto será uma questão de atitude, de escolha, de enfrentarmos da forma certa. Tenha coragem diante da vida e seja um bom aprendiz. Aprenda com os bons e os maus momentos. E, com Deus, torne-se capaz. Que a vida não lhe cause medo.

 

“A graça do Senhor Jesus Cristo seja com o seu espírito”

(Filipenses 4.23)

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui