Apenas para cansados

“Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso. Tomem sobre vocês o meu jugo e aprendam de mim, pois sou manso e humilde de coração, e vocês encontrarão descanso para as suas almas. Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve”. (Mateus 11.28-30)

Diante desse chamado de Jesus me pergunto se ele está chamando um certo grupo de pessoas ou se está declarando que tipo de pessoa é capaz de ouvir e aceitar seu chamado. Mas talvez as duas coisas sejam verdade sobre o chamado de Jesus: ele chama os cansados e sobrecarregados porque somente eles são capazes de aceitar de verdade o convite. Somente eles porque aceitam como quem não tem nada a perder. Porque estão dispostos a perder tudo. Porque receberam um tipo de clareza sobre a vida que lhes capacita a perceber que tudo, sem Cristo, nada é.

Quem vai a Jesus assim vai para o que der e vier. Diferente de tantas idas que apenas são tentativas de seguir no antigo caminho, de viver como sempre se viveu – para si mesmo! Um tipo de ida em que Jesus é apenas uma força a mais para realizar as próprias vontades. Mas quando se vai de verdade, se vai para se submeter. Ir a Jesus não é ir para buscar algo que ele tenha, mas para entregar a ele o que se tem e o que se é. É preciso entregar tudo para receber tudo. É admitir que ele tem razão no que diz e no que nos pede. É estar disposto a aprender com ele a viver a vida. Submeter-se tira o direito de continuar fazendo as coisas ao próprio modo. E é assim, na submissão, que o cansado encontra descanso.

Jesus torna-se o soberano da vida do cansado, que logo percebe que ele é de um tipo inédito: é manso e humilde. Suas ordens parecem duras e difíceis demais aos insubmissos e interesseiros, o que os faz cada vez mais resistentes. A desobediência só faz aumentar a dificuldade em obedecer! Mas para quem ouviu, entendeu, creu e aceitou, na medida em que obedecem, surpreendem-se com a leveza e suavidade das ordens. Quanto mais obedecem, mais podem obedecer e mais descanso desfrutam. A alma respira calma. Mas afinal, quem são os cansados e sobrecarregados? Todos nós os enganados pelas ilusões desta vida. O problema é que ignoramos isso.

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui