Aos 51 anos, mulher diz ter 11 orgasmos por dia “graças à meditação”

A atriz americana Karen Lorre, de 51 anos, garante ter 11 orgasmos diariamente graças à meditação orgástica, também chamada de Oming, uma prática semelhante ao sexo tântrico. “A meditação permite ser mais sensível tanto fisicamente, quanto emocionalmente, assim como apreciar mais os homens e experimentar orgasmos múltiplos em um dia”, disse a praticante. Ela também se apresenta como coach de relacionamentos e deusa do amor em seu site. Os dados são do jornal Daily Mail.

Oming é ensinado em 10 centros de meditação orgástica OneTaste, fundados por Nicole Daedone. Ela acredita que o orgasmo fundamentalmente é a fonte da capacidade de conexão entre as pessoas “hormonalmente, emocionalmente e espiritualmente”.

O processo dura 15 minutos e é realizado em pares, sendo que um dos participantes acaricia o órgão sexual da mulher seguindo algumas técnicas. A ideia é focar a atenção na repetição e nas sensações criadas ao levar a mulher ao orgasmo, criando laços. É possível praticar sozinho e também em meio a um grupo.

Pooja Lakshmin, da Universidade de Rutgers, nos Estados Unidos, estuda orgasmos e disse que “as mesmas partes do cérebro que são ativadas durante profundos estados meditativos são ativadas durante o orgasmo”.

Nicole Daedone acredita que as aulas de Oming podem parecer estranhas para muitas pessoas, mas acrescentou que ioga era algo incomum no Ocidente há 30 anos e se tornou habitual, o que pode se repetir com o seu método.

 

 

Fonte: Bolsa de Mulher

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui