Estadual: Amurc comemora 30 anos

Na Solenidade de Comemoração pelos 30 anos – Jubileu de Pérola da Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste Baiano – Amurc, na última sexta-feira, 5, no Sest/Senat, em Itabuna, o presidente e prefeito de Ibicaraí, Lenildo Santana destacou as conquistas a exemplo do Programa de Apoio Institucional e Gerencial às Prefeituras – AGIR-LS e ressaltou que é um momento importante para fortalecer a entidade em torno das Lutas Municipalistas.
“É um momento de extrema felicidade, pois há 30 anos a Amurc vem contribuindo efetivamente para o desenvolvimento da região. Sabemos das dificuldades, mas a Associação tem conseguido êxito e esperamos que, com esse novo desenhar do desenvolvimento econômico da região, a gente possa ter mais 30 anos de atividades e de muito mais contribuição para o desenvolvimento do municipalismo regional”.
Ainda de acordo com Lenildo o desenvolvimento da região passa pelo fortalecimento da Amurc, e por isso, tem atuado junto a União dos Municípios da Bahia – UPB e a Confederação Nacional dos Municípios – CNM, em busca de Reforma Política e Tributária nas reuniões da entidade. Dentre outras lutas, o gestor ressaltou a luta pela estruturação da Região Metropolitana do Sul da Bahia, por ser um importantíssimo vetor que irá fortalecer o Complexo Intermodal. “A partir disso, a gente passa a ter a necessidade de ter uma estrutura urbana, que permita a circulação de diversas ações pelo conjunto de municípios que integram o Intermodal”.
O prefeito de Ilhéus e fundador da Amurc, Jabes Ribeiro, relembrou o início da formação da entidade, que foi criada para representar os anseios dos prefeitos sob o ponto de vista do fortalecimento do municipalismo. Ele lembrou ainda da luta pela gratuidade da antiga Fesp, que culminou na atual Universidade Estadual de Santa Cruz – Uesc. Segundo o gestor, “não há uma batalha em que a Amurc não tem estado presente, de forma firme e determinada, representando os nossos companheiros e toda a região”.
Em parceria com a Uesc e a Caixa Econômica Federal, a Amurc tem potencializado as ações coletivas em busca de solucionar os problemas que acometem a maioria dos municípios. Para o Pró-Reitor de Extensão da Universidade, Alessandro Santana, “a parceria firmada entre a Amurc e a Uesc fez a Universidade compreender que ela precisa extrapolar os “muros” que existem. E é através do fortalecimento da Amurc que conseguiremos fortalecer as prefeituras e a região”.
O superintendente da Caixa, Marcus Vinícius Nascimento ressaltou a importância do Programa AGIR-LS, que vem sendo desenvolvido pela Amurc em parceria com a Uesc e a Caixa. “O Programa AGIR-LS levará mais capacitação ao corpo técnico das prefeituras em parceria com a Caixa, para que nós possamos repensar na geração de receita própria, mesmo em municípios de pequeno porte”, revelou.
Nesse contexto, o vice-prefeito de Itabuna Wencelau Júnior enfatizou que a Amurc tem desenvolvido capacitações, buscando parceiros como a UPB e a Caixa Econômica Federal, este que “possui informações técnicas relacionadas a convênios e projetos, e, que tem nos ajudado a vencer a burocracia”. Ele revelou ainda as dificuldades vivenciadas nos municípios e a necessidade de buscar as lideranças eleitas nas bancadas Estadual e Federal para resolver a atual situação dos municípios.
A importância da entidade foi também destacada pelo Reitor da Universidade Federal do Sul da Bahia UFSB, Professor Naomar Monteiro. Segundo ele, a instituição de Ensino Superior faz parte dos 30 anos de história da Amurc, por iniciar os seus “primeiros passos” na sede da Associação, quando ainda não tinha sede própria. “Esperemos contribuir com uma atividade intensa na capilarização do Ensino Superior aos municípios da região, em especial ao Território Litoral Sul”, declarou.


Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui