Alex Coelho, filho do senhor Rômulo Coelho, assume a presidência da Coopardo, referência entre as cooperativas da Bahia

Em setembro deste ano, uma das maiores cooperativas da região Nordeste completa 58 anos de existência

Rômulo Coelho. Foto: Arquivo OSollo

Hoje, a Coopardo – Cooperativa Mista do Médio Rio Pardo Resp. LTDA., com atuação em Itapetinga (BA) e região, conta com um grupo de 2.169 associados e 88 funcionários. Criada em 28 de setembro de 1963, tem como atual presidente Alex de Melo Coelho, filho do pioneiro Rômulo Coelho, que faleceu em julho de 2017.

A eleição da nova diretoria da Coopardo aconteceu em no dia 31 de março deste ano, com vigência do Conselho Administrativo para o período entre 2021 e 2014. Compõem ainda: o diretor comercial, Alberto Nolasco H. das Neves, e o diretor financeiro, Carlos Raimundo M. Aragão. [A relação completa do novo quadro está disponível ao término desta matéria.]

Alex Coelho, dir. Coopardo. Foto: Reprodução

Coopardo: referência em seu segmento

Durante toda a sua existência, a Coopardo presta relevantes serviços junto aos seus cooperados, sempre contribuindo para o desenvolvimento econômico da sua região. Sua atuação se evidencia em várias frentes, dentre elas a de viabilizar os meios de melhoria do rebanho bovino, disponibilizando rações e sais mineral de alta qualidade, de fabricação própria. Além disso, dispõe de toda linha de vacinas, inclusive ligadas à reprodução.

A cooperativa visa uma melhor sanidade e, consequentemente, uma maior rentabilidade e produtividade do rebanho, como também disponibiliza toda linha terapêutica com produtos dos melhores laboratórios do Brasil, como vermífugos, antibióticos, quimioterápicos e anti-inflamatórios; uma vasta linha de carrapaticidas, bernicidas, mosquicidas e inúmeros tipos de defensivos agrícolas.

A Coopardo possui imóvel na avenida Izai Amorim, em Itapetinga, onde está instalada uma moderna loja de insumos e medicamentos agropecuários com três depósitos, a fábrica de ração e sal mineral, o escritório central e base da diretoria. Além do prédio, possui mais seis filiais, nas cidades de: Iguaí, Itambé, Itarantim, Acarani, Maiquinique e Potiraguá, onde tem implantado assistência técnica aos produtores.

Em vida, o próprio idealizador da Coopardo, o senhor Rômulo Coelho, relatou a origem da cooperativa, uma ideia que surgiu de uma conversa com Nilvio Oliveira, filho de Juvino Oliveira, no retorno de uma viagem a Salvador. O intuito era de Juvino criar um sindicato em Itapetinga, mas a ideia foi ganhando contorno de cooperativa após o olhar do senhor Rômulo, na altura dos seus 21 anos, sem nenhum entrosamento com política.

“Como a associação possuía um estoque de produtos veterinários, sugeri que dissesse ao sr. Juvino Oliveira para criar uma cooperativa, mesmo porque no Colégio Marista existia uma cooperativa de alunos que administrava uma biblioteca para locação de livros aos alunos carentes. Então Nívio pediu que fôssemos ao seu pai levar esta ideia. Juvino acatou, mas pediu que a levássemos a José Vaz Espinheira, pois ele tinha mais condições de desenvolvê-la. Espinheira foi à Salvador, ao Colégio Marista, e chegando lá foi orientado a procurar o Banco Holandês Unido, em busca de um estatuto de cooperativa na modalidade que pretendíamos. A gerência pediu um prazo para a entrega deste estatuto, porque tinha uma colônia de agricultores holandeses no Paraná que havia criado uma cooperativa. Chegando a Itapetinga com o estatuto, este sofreu reformas para que fosse enquadrado dentro das necessidades que a pecuária exigia, contando com a colaboração de advogados locais. Uma vez reformado, Juvino, que comandava a política na época, reuniu os produtores juntamente com Espinheira e criou a cooperativa Coopardo”, informou.

Foi eleita a primeira diretoria, tendo como presidente José Vaz Espinheira, secretário Thomaz Monte, diretor-gerente Nei Coelho Silveira. “Fiquei como suplente do diretor- gerente, assumindo posteriormente esse cargo, após a renúncia de Nei Coelho”, frisou o sr. Rômulo, que chegaria à presidência em diversos outros momentos.

Em uma de suas passagens pela presidência da Coopardo, o sr. Rômulo salientava que a entidade havia atingido um crescimento tão expressivo que tornou imperativa a sua expansão, escolhendo o extremo sul da Bahia como um dos horizontes, porque a pecuária da região era e é ainda muito pujante.

Aquela ideia, concebida na década de 60, veio a ser um ponto de referência para pecuaristas e criadores, com o poder de fogo sempre muito forte, reunindo a classe mais representativa de Itapetinga e benefícios para a classe.

“Finalizo desejando que a Coopardo possa continuar sendo o braço forte do produtor rural desta região. Continuem acreditando na Coopardo que é um dos órgãos que mais cresce no Nordeste, tem respeito nacional, não tem pendências, cumpre suas metas, respeita seus associados e também seus funcionários”, relatou o fundador Rômulo Coelho, in memoriam.

Objetivos da nova diretoria

Em contato com o jornal OSollo, o presidente da nova diretoria, Alex Coelho, conta que os objetivos dessa gestão estão pautados em quatro pilares:

  • atender o produtor rural “sócio”, integrando-o mais com a cooperativa;
  • oferecer assistência técnica, visando melhorar o aumento da produtividade nas propriedades e também maior vínculo com os produtos como ração, minerais etc.;
  • aumentar o quadro social da cooperativa, agregando mais produtores das diversas regiões; e
  • fundamentar a parceria produtores x Coopardo.

A relação completa de todos os membros eleitos ficou estabelecida da seguinte forma:

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO 2021 A 2024:

  • PRESIDENTE: Alex de Melo Coelho
  • DIR. COMERCIAL: Alberto Nolasco H. das Neves
  • DIR. FINANCEIRO: Carlos Raimundo M. Aragão

MEMBROS VOGAIS

  • Alexandre Magno Góes Alves
  • Ijanai dos Santos Silva Junior
  • Paulino Santos Torres
  • Wesley Kelly F. Carvalho

CONSELHO FISCAL PARA O EXERCÍCIO DE 2021

EFETIVOS: 

  • Antonio Rodrigues de Oliveira
  • Christiane Anunciação Coelho
  • José Schettini

SUPLENTES:

  • Carlos Augusto F. Ganem
  • Fernando Coelho Lima
  • Paulo de Oliveira Santos

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui