Agentes penitenciários param atividades por 24h na Bahia

Ato é para reclamar descumprimento de acordo firmado com secretaria.

Complexo de Salvador e unidades prisionais do interior são afetadas.

Os agentes penitenciários da Bahia realizam uma paralisação de 24h nesta quinta-feira (5). De acordo com o Sindicato dos Servidores Penitenciários da Bahia (Sinspeb), o ato acontece para protestar contra o descumprimento de um acordo firmado com a Secretaria de Administração Penitenciária da Bahia (Seap), em 2014.

“Em janeiro de 2014, apresentamos uma pauta de reivindicação ao secretário Nestor Duarte, em que constavam trinta itens. Destes, nenhum foi cumprido integralmente. Entre esses, o primeiro deles é em relação ao concurso público [realizado em 2014]. Esse concurso ainda não convocou os aprovados e a nomeação está prevista para julho desse ano, desrespeitando todo o cronograma. Nós temos uma defasagem que gira em torno de oito mil agentes penitenciários”, reclamou Reison Pimentel, coordenador do Sinspeb.

Segundo Pimentel, a paralisação também pede o pagamento do auxílio-refeição e a regulamentação do porte de arma. O sindicato afirma que a paralisação afeta o Complexo Penitenciário de Salvador e todas as unidades prisionais do interior do estado. Por telefone, a reportagem tentou contato com a Seap, mas até a publicação desta reportagem as ligações não foram atendidas.

Fonte: G1

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui