ABAF participa de workshop do Plano de Desenvolvimento Sustentável da Costa das Baleias

Foto ilustrativa
A Associação Baiana dos Produtores de Florestas Plantadas (ABAF) participa nessa sexta-feira (29), na Câmara Municipal de Teixeira de Freitas, do Workshop da Cadeia Florestal, evento integrante do Plano de Desenvolvimento Sustentável da Costa das Baleias.

O objetivo do evento é reunir as entidades públicas, privadas e a sociedade para discutir as potencialidades da região para o desenvolvimento sustentável do setor florestal, um dos mais importantes na economia local.

A ABAF, entidade que representa as empresas do setor atuantes na Bahia e os principais fornecedores envolvidos na produção será representada pelo diretor executivo Wilson Andrade. Fundada em 2004, a entidade tem como foco o uso racional das florestas e o crescimento do setor de forma ordenada, primando pela preservação ambiental. Entre os associados da ABAF estão a Bahia Specialty Cellulose, Suzano, Veracel, Fibria, Grupo Júlio Simões e John Deere.

Wilson Andrade ressalta que esses eventos são muito importantes, pois reúnem todos os setores para que juntos possam discutir e encontrar maneiras para um desenvolvimento sustentável para a região. “Queremos continuar participando de eventos como esse, acompanhando os estudos que são desenvolvidos e colaborando para subsidiar políticas públicas”. “O setor florestal tem contribuído amplamente e contribuirá ainda mais para o desenvolvimento sustentável regional e da Bahia.

A Agricultura familiar e a economia solidária serão alguns dos temas tratados por professores da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Universidade Católica do Salvador (UCSAL) e do Instituto Futura. Após as discussões, um documento executivo será construído contendo as proposições do plano, com informações estratégicas sobre desenvolvimento sustentável.

O documento servirá de base para que os realizadores do projeto, o Governo do Estado da Bahia, Associação dos Prefeitos do Extremo Sul (APES) e o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social da Bahia (Codes), possam elaborar o Plano de Desenvolvimento Sustentável da Costa das Baleias.

Fonte: Yes Assessoria e Comunicação

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui