70% dos 2 mil soldados formados pela PM tem curso superior

Foto ilustrativa/Informe Geral (Itabuna)
Parte do planejamento do governo do estado para combater à criminalidade, o compromisso no aumento do efetivo policial para ações ostensivas foi reforçado na manhã desta quinta-feira (16) com a formatura de 2, 135 soldados e bombeiros, em diversas cidades baianas. Em Salvador, formaram-se 835 policiais na solenidade, que ocorreu no Parque de Exposições.

O governador e candidato à reeleição, Jaques Wagner, comemorou a chegada dos novos policiais. “Nosso foco de ação é a diminuição dos homicídios, índice que está associado ao combate ao tráfico de drogas e, com a chegada dessa turma, vamos ganhar essa batalha”, assegurou. Wagner disse ainda que o planejamento do governo inclui melhorias nos equipamentos e recursos para área de inteligência. “A situação a que chegamos também é em virtude da falta de planejamento anterior”, assegurou.

Para o secretário de Segurança Pública, César Nunes, o governo vai dar continuidade anualmente ao aumento de efetivo, para reduzir o déficit. O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Nilton Mascarenhas, se declarou orgulhoso pelo fato de existirem, na turma, 70% de policiais com diploma universitário.

Todos os novos policiais, antes da formatura, já estavam em estágio atuando nas ruas. O soldado Alisson Santos, que vai servir ao Corpo de Bombeiros, disse estar muito feliz na nova função. “Estou em um trabalho que tem todo respeito pela sociedade e, além disso, me traz estabilidade, já que comecei a construir uma família”, afirmou.

O curso de formação de soldados da PM tem duração de nove meses, em tempo integral. No curso são abordadas matérias das áreas jurídica, administrativa, de técnicas e táticas operacionais, de aprimoramento físico, defesa pessoal e línguas estrangeiras.

 

Fonte: Coordenação de Jornalismo da Campanha “Sou Wagner 13

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui