6 dicas: Fuja de roubadas na hora de alugar uma casa de temporada

Casa para temporada em Alcobaça (BA). Anúncio em: OLX

Já decidiu onde vai passar as suas férias de fim de ano? Se escolheu as belas praias do Extremo Sul e Costa do Descobrimento, certamente está à procura de lugar para ficar!

É aí que muitas pessoas buscam casas de aluguel por temporada, ao invés dos hotéis. A opção agrada aos olhos por fatores como preço, localização e disponibilidade de itens para receber o seu grupo familiar, e mesmo, de colegas e amigos.

Mas é importante ficar atento a algumas dicas para que seu contrato não lhe traga dores de cabeça! Elencamos algumas com o auxílio de sites especializados:

1 – A proximidade da praia e de pontos comerciais

Se você ainda não visitou a cidade, verifique se a casa que pretende alugar realmente é próxima à praia e se a distância para pontos comerciais (farmácias, mercados…), geralmente localizados no centro da cidade, pode causar desconforto ao ter que se deslocar.

Outro ponto é: a rua é calma ou cheia de bares e som alto? Preveja à época.

Praia de Cumuruxatiba. Foto: Reprodução/Internet

2 – Condições estruturais da casa

Pode ser que, à primeira vista, pequenos problemas na casa não pareçam um grande problema, mas considere o tempo em que irá ficar hospedado e o desgaste por uso contínuo de chuveiro, descarga do vaso sanitário, torneiras, dobradiças, lâmpadas. Alerte também todos sobre o cuidado em preservar toda a estrutura.

Fique atento ainda a mofo, infiltrações, piso e telhado. Reparos devem ser solicitados ao dono imediatamente ao serem localizados.

3 – Disponibilidade de eletrônicos e eletrodomésticos, e móveis em geral

Veja com o locatário se os móveis da casa continuarão disponíveis. Muitos acabam tirando esses itens por medo de depreciação, mas isso precisa estar claro para ambas as partes. Converse.

Praias de Caravelas. Foto: Reprodução/Internet

4 – Pensa em levar seu bicho de estimação? 

Você não precisa deixar seu animalzinho com outra pessoa. Comunique ao locatário sobre a presença de animais. A dica serve para determinados imóveis. Escolha um lugar com área ampla para não fazer o verão virar inferno pro seu bichinho.

5 – Fuja dos preços altos demais (e dos baixos demais)

Considere gastos extras do locatário caso ele peça valores antecipadamente, sabendo que isso é normal.

Preços abaixo do mercado podem ser ciladas. Busque preços em conta. Feche contrato de curto prazo – o papel é a garantia do quanto e por quanto tempo seu dinheiro será empregado.

Praia de Porto Seguro. Foto: Reprodução/Internet

6 – Tenha bom senso e seja esperto com sua galera

Caso pretenda “rachar” o valor total do contrato com amigos, juntar aquela galera e garantir uma diversão em grupo (muito mais animada), tenha cuidado com quem queira pagar depois. Confie, mas saiba que a responsabilidade com o dono é sua.

Divirta-se! Deixe sua dica nos comentários! Conte-nos a sua experiência…

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui