3 mil pessoas acompanham entregas de obras em Itororó

O prefeito de Itororó, Adroaldo Almeida, entregou à população as obras de revitalização da feira livre (reforma do mercadão das carnes e cobertura da área de hortifrutigranjeiros) e o SAMU 192 (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). As cerimônias de entrega, que aconteceram entre os dias 31 de outubro e 1 de novembro, foram acompanhadas por cerca de 3 mil pessoas, segundo estimativas da Guarda Municipal (GM). Além da feira e do SAMU, foi entregue o Centro de Cultura Popular Gervásio Pereira, um espaço onde artistas populares poderão se apresentar durante a comercialização dos feirantes.

Desde 1993, ano da inauguração, que não havia nenhuma intervenção no espaço físico da feira municipal. Nessa área de livre comércio trabalham cerca de 1 mil pessoas, que movimentam algo em torno de R$ 40 mil semanalmente, segundo dados do setor de tributação da prefeitura. Em Itororó, apenas a empresa calçadista Vulcabrás/Azaléia – com seus 2.300 funcionários – emprega mais gente do que a feira. O dinheiro que custeou essa obra, R$ 1 milhão, saiu de uma parceria entre o Governo Municipal e o Governo Estadual, que liberou a verba através da SUDIC (Superintendência de Desenvolvimento da Indústria e Comércio).

A maior mudança aconteceu no mercado das carnes Matias Alves, onde todos os 100 boxes foram derrubados e deram origem aos 60 novos açougues, mais espaçosos e atendendo as normas da Vigilância Sanitária. Todos os proprietários, que antes ocupavam os antigos boxes, receberam de volta tudo revitalizado sem custo algum. O prefeito Adroaldo Almeida acredita que a repaginação da central de abastecimento “impulsionará a economia local, atraindo mais investidores, abrindo mais postos de trabalho e melhorando a estética da cidade”.

Um dos açougueiros mais antigo do “Mercadão das Carnes”, o senhor Milton Cafezinho, se emocionou quando adentrou o novo ambiente. “Esta aí, só não ver quem não quer. Esse prefeito promete e cumpre. Ninguém nunca tinha olhado por nós, nos jogaram aqui e nos abandonaram. Graças a Deus temos Adroaldo agora que se preocupa os mais fracos”, disse “Cafezinho”.

SAMU 192

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU/192) é um programa do Governo Federal, em parceria com os Governos Estaduais e Municipais, que tem como finalidade prestar o socorro à população em casos de emergência (grave risco imediato). Para ter o serviço, é necessário que o município interessado tenha no mínimo 100 mil habitantes ou mais, como Itororó só tem 20 mil habitantes, segundo o último censo do IBGE, foi necessário Adroaldo Almeida, acionar os prefeitos de Itapetinga, Itambé e Macarani para, juntos, formarem uma micro-região e alcançarem o número habitacional exigido pelo governo para liberar o beneficio.

A sala de estabilização dos pacientes fica na Rua 2 de julho, no centro da cidade. Através de chamada telefônica 192, a Central de Regulação Médica do SAMU analisa cada caso de socorro solicitado e envia uma ambulância de Suporte Básico de Vida e Suporte Avançado (UTI Móvel) para fazer o atendimento. A vitima é encaminhada para um hospital da região, onde uma equipe médica já está a espera.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui