XIII Olimpíada de Matemática premia os melhores do Sul da Bahia

A solenidade de premiação da XIII Olimpíada de Matemática do Sul da Bahia aconteceu no dia 31/03/12, sábado, na Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). O concurso foi dedicado a estudantes da 5ª a 8ª séries de escolas públicas e particulares de ensino fundamental de 15 municípios. Dos 23 mil estudantes que se inscreveram, cerca de 16 mil fizeram prova na primeira fase.

A primeira fase aconteceu em 11/06/2011, classificando 1,5 mil estudantes. A segunda fase aconteceu no dia 24/09/2011, classificando 166 estudantes, dos quais 86 receberam certificado de honra ao mérito por alcançarem mais de 50% dos pontos, 80 receberam medalhas de bronze, prata ou ouro, e 8 foram contemplados com placa de honra ao mérito por terem acertado acima do 90% da prova.

Entre todos os colégios destacaram-se o Colégio Vitória (particular), de Ilhéus, e o colégio Sagrado Coração de Jesus (particular), de Itabuna, que tiveram o maior número de alunos premiados. Destacaram-se também as unidades de Itabuna e de Ilhéus, do Colégio da Polícia Militar da Bahia.

A professora Tereza e a diretora Ana Carolina de Melo, ambas do Colégio Vitória, de Ilhéus, e a coordenadora Rejane, do Colégio Sagrado Coração de Jesus, de Itabuna, concederam entrevista ao diretor do jornal O Sollo, Jadilson Morais, pai da estudante Maria Carolina, de 13 anos. Além da medalha de ouro, Maria Carolina, aluna da 6ª série (7º ano) do Colégio Vitória, foi uma das 8 pessoas que receberam também uma placa de honra ao mérito por ter acertado acima de 90% da prova. Sendo que Maria Carolina Moraes foi a única aluna a ter 100% de acerto na prova.

De acordo com a coordenadora Rejane, a importância do evento para o Colégio Sagrado Coração de Jesus é a comprovação de que o trabalho do colégio está sendo muito importante para o conhecimento dos alunos. “Esta participação do colégio faz com que percebamos qual é nosso trabalho a ser desenvolvido. Continuaremos participando das olimpíadas. Esta premiação que está sendo realizada aqui na UESC nos gratifica”, disse a coordenadora do colégio que recebeu a maior premiação de Itabuna em relação aos alunos de 5ª e 6ª séries. Deste colégio destacaram-se Iuri (7ª série), Gabriel Carqueja (5ª série) e Thaís (6ª série), todos medalhistas de ouro, sendo os dois últimos também contemplados com placa de honra ao mérito.

Tereza diz que a felicidade dos professores é ver que a matemática de hoje é vista pelos estudantes de uma forma diferente do “bicho papão” que viam no passado. “É isto que faz com que aconteça este tipo de desempenho”, completa a professora.

A professora ensina que “a matemática faz parte da vida da gente, e que a gente não pode viver sem ela”. De acordo com Tereza, este pensamento desmitifica a ideia do “bicho papão” e proporciona prazer ao aluno que trabalha com a matemática.

A diretora Ana Carolina de Melo mais uma vez comemorou o sucesso de seu Colégio Vitória. “Os resultados desta avaliação, assim como os resultados do ENEM e de outras avaliações competitivas das quais sempre participamos, representa a coroação de um longo trabalho de estímulos aos alunos”, afirma ela, acrescentando que no caso específico da matemática, este trabalho envolve estímulo ao raciocínio lógico, à compreensão integral, à boa leitura e à boa interpretação das questões. “Sempre estamos alcançando resultados satisfatórios”, concluiu.

Indagada sobre o que representa para a matriarca Dona Délia, o fato de ela ter uma filha se destacando como reitora da UESC e outra como diretora de um dos colégios mais premiados da região, Ana Carolina Melo disse que esta foi uma semente que sua mãe plantou. “De uma forma ou de outra, toda a nossa família está envolvida em educação, um esteio da sociedade”.

O jornal O Sollo enviou e-mail aos coordenadores do projeto Olimpíada de Matemática ([email protected]), solicitando a lista completa dos premiados para publicação em nossa próxima edição.

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui