VIVENDO E APRENDENDO…

Já não estou mais na idade de guardar raiva ou levar sentimentos negativos adiante. Pesa demais. Descobri que Deus mora onde há paz e amor.
Aprendi a fechar a porta da alma e esquivar o coração para os assuntos ruins que circulam por aí. Como é pesada a carga de quem carrega negatividade. Aprendi a fingir que não vejo, não escuto, não sei. Aprendi a não mais voltar na mesma tecla, seguir adiante e olhar melhor para os meus próprios pés. Aprendi que é melhor caminhar descalço da soberba e desarmado de rancor pelos caminhos de calma, de amor, de bondade e tranqüilidade. E isso a gente só aprende machucando e sendo machucado algumas vezes. Só assim descobri que a mais frase certa a ser usada, quase sempre é o silêncio. Abstrai. Finge que não entendeu. Finja que nem é contigo. Continue seu caminho.
Deus faz morada onde há paz. Silencie o coração. Abrande o olhar.
A boca fala do que está cheio a alma. Esvazie-se do negativo, do pessimismo, do revanchismo e ódio. Pra quase tudo existe perdão e para o que talvez se torne imperdoável, existem os desvios da vida. Ignore, afaste-se não olhe pra trás e esqueça. Nunca pense em revidar o mal recebido e aprenda que não importa o quanto você se importe ou não se importe, só é magoado quem quer ser, só é angustiado quem quer, só fica triste e carregado de inimizades quem deseja.
Estou em paz e desejo isso pra você.
A gente evolui conforme aprende a dominar a capacidade de poder controlar nossos ouvidos, nossas palavras e nossos atos.
Queira ser a calma que refrigera a alma. Queira ser o silencio que diz mais que todas as palavras.
Queira ser a paz aonde Deus faz morada.
Avante!

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui