VIVA E AME

“Amados, visto que Deus assim nos amou, nós também devemos amar-nos uns aos outros.” (1 João 4.11)

O ponto central da vida cristã, a raiz de onde se desenvolve tudo que devemos ser e fazer como cristãos, a motivação inegociável de nossa fé, é o amor. É por meio do amor que podemos manifestar o Reino de Deus, as virtudes daquele que nos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz. Porque foi e é o amor a motivação de Deus para conosco! Por isso Paulo diz que o amor é o caminho sobremodo excelente (1 Co 12.31). Por isso João em sua carta é categórico: “Quem não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor!” (1 Jo 4.8). Assim é a nossa fé. Em Cristo somos resgatados e levados para o Reino do Deus, que é o Reino do amor. Em nosso chamado, portanto, amar é indispensável. E se amamos, servimos!

O amor que devemos ofertar é de um tipo que se antecipa. Ele chega primeiro. Não é uma reação ao outro, mas uma proposição para o relacionamento com o outro. João escreveu que Deus nos amou antes de podermos amá-lo, antes de podermos responder ao seu amor, estando nós distantes dele. Se assim ele nos amou, também assim devemos amar uns aos outros. Deus nos amou sendo nós pecadores, o que significa, estando nós ainda em conflito com Ele. Antes de termos cedido ao seu amor, Ele nos amou. Ele nos reconciliou consigo porque nos amou. O amor vem primeiro, é a causa. Assim também deve ser conosco. Por isso devemos começar o nosso dia já decididos a amar. Não devemos decidir durante o percurso, mas antes de começa-lo. O amor deve ser nossa motivação para a jornada.

Sendo assim, ame. Seja o amor a sua proposição de vida. Ame as pessoas porque elas precisam ser amadas, porque você deve amá-las e não porque merecem seu amor. O padrão divino para a vida humana não é amar os que julgamos merecedores. Mas amar mesmo os inimigos. Ame mesmo aquelas pessoas que representam o que você não gosta, pois podemos amar e respeitar mesmo as pessoas de quem discordamos. É assim que Deus nos ama. Ele nos ama sem merecermos. Ele nos ama discordando de nós. Podemos aprender a amar com Deus. Pode não ser fácil viver guiado pelo amor, mas difícil mesmo é viver sem amar. Porque nem mesmo Deus decidiu viver assim!

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui