Vídeo: acidente entre motocicletas deixa vítima gravemente ferida

De acordo com moradores do local, cenas de imprudência e alta velocidade têm se tornando comuns. Foto: Reprodução

Uma câmera de segurança de uma loja de material de construção filmou toda dinâmica do acidente ocorrido na noite do último sábado (04), envolvendo duas motocicletas. A tragédia, que aconteceu em um cruzamento no bairro Uldurico Pinto, em Medeiros Neto, deixou quatro pessoas feridas, uma delas em estado grave.

Jamile Cardoso, condutora de uma moto Honda Biz, saiu de um residencial às margens do local do acidente e estava parada no cruzamento da rodovia. A professora Simone Cristina aparece andando, acompanhada por uma outra pessoa. Um carro se aproxima e, após um breve diálogo, Simone sobe na moto e a outra entra no carro.

Junto ao cruzamento, uma segunda moto aguardava. Um veículo surge, entra em outro acesso e, logo após, Jamile avança em velocidade reduzida, sentido centro da cidade. Em seguida, o condutor da moto Lander XTZ, Valdinei Benevides, aparece no vídeo, seguindo em sentido à localidade da Balança do Fazendeiros.

Enquanto ela atravessava para a sua mão de direção, Valdinei, com a carona identificada como Fernanda, percebe a moto Biz entrando na pista. Ele muda para a contramão, possivelmente, numa tentativa de evitar a colisão. Jamile, aparentemente, tenta frear, mas a velocidade com que Valdinei seguia impossibilitou que o acidente não acontecesse.

Jamile, a vítima em estado mais grave, foi encaminhada para Teixeira de Freitas. Na manhã de domingo (05), ela passou por procedimento cirúrgico para conter uma hemorragia, e na perna esquerda, onde teve duas fraturas expostas. Ela apresentou um quadro de traumatismo craniano e se recupera na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), em coma induzido. A jovem ainda quebrou todos os dedos da mão esquerda. A professora Simone teve fratura simples em uma das pernas.

As outras duas vítimas tiveram escoriações leves. Dois fatores aparentam terem sido determinantes para o acidente: o trecho recebeu uma recente pavimentação asfáltica e não conta com redutores de velocidade. E, segundo o médico plantonista, os condutores apresentavam sinais de embriaguez. A partir das imagens, um inquérito aberto pelo delegado William Telles investigará as causas e responsáveis.

Com informações e vídeo: Medeiros Dia Dia

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui