Vida Nova

_”Portanto, se alguém está em Cristo, é nova criação. As coisas antigas já passaram; eis que surgiram coisas novas!” (2 Coríntios 5.17)_

 Definitivamente a fé cristã, se vivida conforme Jesus nos propõe – e para ser realmente cristã, precisa ser assim – somos levados a um jeito novo de viver a vida. É claro que a afirmação de Paulo neste verso também se refere ao fato de que nossos pecados são perdoados e somos livres da culpa e condenação, para podermos seguir em frente. Mas seguir em frente de que maneira? De uma maneira nova, recriando a própria existência com a presença de Deus. Fazendo novas escolhas inspirados por novos valores e certezas. 

Nessa nova vida o amor é central: amor a Deus sobre tudo e ao próximo como a nós mesmos. É central também a fé como inspiração para agir em conformidade com o que já entendemos a respeito do Reino de Deus. Fé também no amor e presença de Deus. E essa deve ser inabalável, a despeito de circunstâncias ou acontecimentos. Juntamente com o amor e a fé vem a esperança. Uma olhar para vida que sempre procura no horizonte divisar a eternidade. Que nos faz lembrar que tudo isso aqui vai passar. Seja bom, seja ruim. Esperança que nos equilibra para não nos apegarmos demais e nem nos assustarmos demais.

 Estar em Cristo é isso e muitas outras coisas. Todas nos chamando a atitudes que honram a Deus e valorizam pessoas. Possibilitando-nos crescer em sabedoria para não banalizarmos o que é sagrado ou desperdiçarmos a vida e as oportunidades. Para não nos iludirmos com a vaidade, mas nos encantarmos com a beleza de servir. Uma vida nova que é nutrida no encontro com Deus na oração , nas Escrituras e na reunião dos recriados em Cristo. Vida que é colocada a prova no conflito entre nossas vontades e a vontade de Deus. Mas vida completamente segura, pois tudo já está feito se estamos em Cristo. Foi ele quem disse: está consumado!

_ucs_

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui