Veracel anuncia Caio Zanardo como seu novo diretor-presidente 

Veracel anuncia Caio Zanardo como seu novo diretor-presidente. Foto: Valor Econômico

O executivo, atualmente diretor florestal na Suzano, assumirá em 1º de fevereiro de 2021, em substituição a Andreas Birmoser que retornará à Stora Enso, na Suécia, como vice-presidente Sênior de Negócios de Embalagens de Papel Cartão

A Veracel Celulose anuncia que Caio Zanardo será o novo diretor-presidente da companhia, sucedendo Andreas Birmoser. Zanardo é atualmente diretor florestal na Suzano S.A. e assumirá a posição na Veracel em 1º de fevereiro de 2021. Andreas Birmoser assumirá uma nova posição a partir de fevereiro de 2021, quando retornará à Stora Enso, em Estocolomo, na Suécia, como vice-presidente sênior de Negócios de Embalagens de Papel Cartão, na Divisão de Materiais para Embalagens (SVP, Head of BU Liquid Packaging and Carton Board, in the Packaging Materials Division), conforme a companhia havia anunciado em outubro.

Caio Zanardo está na organização há mais de 16 anos, entrou como trainee e já ocupou diversas posições de liderança na Votorantim, Fibria e agora na Suzano. O executivo iniciou sua carreira na Votorantim, em 2004.  Graduado em Engenharia Florestal pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), da Universidade de São Paulo, em 2003, Zanardo possui MBA em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e cursou Advanced Strategy Management no International Institute for Management Development (IMD) Business School, em Lausanne, na Suíça.

Andreas Birmoser assumiu o cargo de diretor-presidente da Veracel em fevereiro de 2018. Foi membro do Conselho de Administração da Veracel de 2012 a 2018 e, de 2010 a 2011, foi diretor financeiro da empresa, ao longo de um período de 10 anos de relação com a empresa. Anteriormente, ocupou as posições de: vice-presidente sênior de Finanças, TI e Planejamento Estratégico da Stora Enso Biomateriais; membro do Conselho de Administração da Montes del Plata; gerente financeiro da Stora Enso no Brasil e no Uruguai; e controller na Stora Enso na Finlândia.

O processo de busca pelo novo diretor-presidente foi conduzido pelos representantes dos dois acionistas.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui