Última etapa do Circuito Baiano de Judô acontece em Jequié

Foto: Jessica Fernanda Tavares de Souza

A oitava e última etapa do Circuito Baiano de Judô será realizada em Jequié (centro sul), no Ginásio Municipal Aníbal Brito, com lutas iniciando nesta sexta-feira (24), a partir das 19h, e finalizando no sábado (25). O torneio é organizado pela Federação Baiana de Judô (Febaju) com apoio da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre). É esperada a participação de 500 atletas da Bahia.

Nesta sexta, irão competir os atletas das categorias por equipes e absolutos, a partir das 19h. No sábado, acontece o Festival das Crianças, onde os atletas mirins irão competir a partir das 9h. O encerramento será às 16h, com a cerimônia de premiação para os atletas de todas as modalidades. O circuito foi iniciado em abril, com promoção de sete etapas realizadas no Centro Panamericano de Judô (CPJ), administrado pela Setre, em Lauro de Freitas (RMS).

A secretária Olívia Santana, que visita os atletas nesta sexta, afirma que é “muito importante a realização dessa etapa do Circuito Baiano no interior, em particular na cidade de Jequié, que tem revelado grandes talentos dessa modalidade esportiva”. Ela se refere aos judocas da região, Diego Santos, hexacampeão brasileiro sênior, e Luiz Henrique Santos, campeão brasileiro Sub-13. A categoria por equipes do município tem se destacado, com a Associação Judô Ação liderando o ranking de pontuação da Febaju. “No sábado, essa equipe tem a chance de se tornar o primeiro clube do interior a se consagrar campeão geral da competição”, ressalta o presidente da Febaju, Marcelo Ornelas.

Destaque do judô

Nos últimos anos, o judô vem se fortalecendo na Bahia, resultado de todo um investimento feito pelo Governo do Estado a partir de 2010, com realização de três importantes competições – a 1ª e 2ª Copas do Mundo por Equipes (julho 2010 e maio 2011), além do Campeonato Mundial de Judô por Equipes, em outubro de 2012. Soma-se a esses investimentos, a construção do CPJ, considerado o centro de excelência da modalidade esportiva das Américas.

Os resultados são contabilizados a cada competição, como na recente etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude, realizada entre 16 e 19 deste mês, em Brasília. Das 10 medalhas conquistadas por atletas baianos, oito foram da modalidade de judô – duas medalhas de ouro, uma delas por equipes masculino; uma de prata, por equipes feminino; e quatro de bronze. Com o resultado deste ano, o judô masculino e feminino da Bahia passa a integrar a primeira divisão dos Jogos Escolares da Juventude, organizado nacionalmente pelo comitê Olímpico Brasileiro.

 

 

 

 

 

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui