Teori nega pedido de prisão de Renan, Jucá e Sarney

alt

O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou o pedido feito da Procuradoria-Geral da República (PGR) pela prisão do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), do senador Romero Jucá (PMDB-RR) e do ex-presidente da República José Sarney. Na decisão, ele diz que considerou a imunidade parlamentar e a inexistência de crime em flagrante. O ministro não tratou do pedido de prisão da PGR contra o presidente afastado da Câmara , Eduardo Cunha (PMDB-RJ). As solicitações da Procuradoria têm como base a delação premiada do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado. Como Teori também retirou o sigilo dos pedidos de prisão, o conteúdo do depoimento de Machado também deverá ser revelado.

Fonte: Bahia Notícias

Foto: Ascom do Supremo Tribunal Federal (STF)

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui