Teixeira inicia fiscalização para cumprimento do decreto municipal  

Teixeira inicia fiscalização para cumprimento do decreto municipal. Foto: Ascom

A Prefeitura de Teixeira de Freitas publicou na noite desta terça-feira, 2 de junho, o Decreto nº 517/2020, cumprindo determinação do Governo do Estado da Bahia, que estabelece o fechamento de todos os serviços não essenciais e a implantação de medidas restritivas de circulação de pessoas das 18h às 5h, até o dia 06 de junho.  Para garantir o cumprimento das determinações, que visam a prevenção e combate da covid-19, foi necessário ampliar a fiscalização. O primeiro dia de ações foi considerado “tranquilo” pela equipe atuante.

Coordenando as ações do segmento da segurança em apoio à fiscalização da Vigilância Sanitária, está o secretário de Segurança e Cidadania do Município, o tenente-coronel RR Raimundo Cezar Magalhães Dantas, falou: “Começamos nesta quarta-feira (3), com o descumprimento do decreto por parte de alguns comerciantes, mas já ao meio dia, após as ações de fiscalização, houve o cumprimento da medida, que se justifica pelas notas técnicas da vigilância epidemiológica. Acreditamos que para alguns comerciantes a medida tenha gerado interpretações equívocas, o que provocou o elevado descumprimento do decreto, nas primeiras horas do dia”.

Segundo informou a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), a taxa de crescimento de casos da Covid-19 na Bahia é de 5%, e a da região extremo sul do estado esteja entre 10% e 20% ao dia.

“Nossa intenção não é privar as pessoas de seu direito de ir e vir, mas proteger a cidade de um colapso em seu serviço público de saúde. A gestão municipal tem sido precavida desde antes do início efetivo da pandemia, adotando orientação do prefeito Temóteo Brito,  medidas assertivas a respeito do coronavírus, como a inauguração da nova UTI do HMTF e agora, a conclusão do Centro Municipal de Atendimento ao COVID-19 que está sendo implantado”, disse Hebert Chagas, secretário de Saúde.

“Por isso ficaremos nas ruas fazendo valer o decreto, junto com as forças de segurança estadual, atuando com as restrições dos agentes econômicos e circulação de pessoas. Temos empregado a esse fim todo o nosso efetivo disponível de segurança e de saúde fazendo o nosso melhor para o controle dessa doença que, deve ser combatida com o apoio de todos os cidadãos. Por isso pedimos a compreensão e o respeito de todos no cumprimento das determinações de fechamento de todos os serviços não essenciais e na restrição de circulação de pessoas das 18h às 5h”, finalizou o secretário.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui