Teixeira: estudantes participam de atividades voltadas para o Dia Mundial da Água

O evento foi promovido pela Secretaria do Meio Ambiente em parceria com Cetepes, Cemas e IF Baiano.

O Dia Mundial da Água é comemorado anualmente em 22 de março. Fotos: Elizeu Portugal/OSollo

Nesta terça-feira, dia 26, a Secretaria do Meio Ambiente (Semma) de Teixeira de Freitas reúne estudantes do Ensino Médio do município e comunidade em geral para um ciclo de atividades em torno do tema “Água: Desenvolvimento para a Humanidade”.

O evento ocorre no auditório do Centro Territorial De Educação Profissional do Extremo Sul (Cetepes) e suas dependências, com alunos da própria instituição, do Instituto Federal Baiano (IF Baiano) e do Centro Educacional Machado de Assis (Cemas).

A conscientização sobre a urgência da economia deste recurso natural foi uma das principais metas do evento

Durante a programação, foram realizadas palestras. “O uso da água e impactos ambientais” foi o tema ministrado pelo biólogo e chefe de fiscalização da Semma, Marcelo Gomes Fonseca. Além deste, o outro tema abordado foi “Água virtual no ciclo da produção de alimentos”, pelo professor Gutto Monzelle Rios Marques, do IF Baiano.

Os estudantes participam ainda de mesa-redonda, sorteio de brindes, apresentação de alunos e mutirão de limpeza no entorno do Cetepes.

Palestras participativas fomentaram a temática

O secretário de Meio Ambiente, professor Archangelo Deppizol, enfatizou a importância de despertar e aprofundar a consciência de preservar a água. Para ele, tratar desse assunto com alunos do Ensino Médio tem uma função de buscar multiplicadores no que diz respeito ao tema.

A gente deixa o nosso agradecimento a todas as escolas envolvidas e, de uma maneira muito especial, ao Cetepes, que arregaçou as mangas e cedeu o espaço. Estamos vendo um auditório lotado e com os adolescentes prestando atenção. Isso significa que a mensagem veiculada está caindo em terreno fértil“, disse em entrevista a’OSollo.

O diretor do Cetepes, Petrônio Bonfim, destacou a continuidade de atividades pedagógicas e formativas inseridas no currículo dos alunos. “É também uma contribuição para que esse conhecimento tome a dimensão de sair dos muros da escola e ganhar a cidade e a região“, disse.

Veja mais fotos:

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui