Teixeira: entidades comerciais se posicionam diante de decretos contra a covid-19

 

Ato expressa apoio à gestão municipal. Fotos: OSollo

Com o avanço dos índices de contaminação pela covid-19 no estado, o governador Rui Costa decretou medidas mais rígidas, somadas ao toque de recolher, autorizando apenas o funcionamento de serviços essenciais. As restrições duraram até esta terça-feira (2) no interior baiano.

Em Teixeira de Freitas, como em algumas outras cidades, o prefeito Marcelo Belitardo editou decreto próprio, permitindo a abertura do centro comercial da cidade. A decisão estampou jornais e foi alvo de discussões.

O jornal OSollo ouviu empresários e representantes do comércio teixeirense. Confira as opiniões.

Sincomércio

O presidente do Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista de Teixeira de Freitas (Sincomércio), Allison Ferreira

O presidente do Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista de Teixeira de Freitas (Sincomércio), Allison Ferreira, considerou que o prefeito de Teixeira de Freitas foi “acertivo” e “feliz”, fazendo valer a autonomia do Município diante do Estado.

É iminente o efeito da pandemia, não só em Teixeira ou na Bahia, mas no mundo todo, porém, temos exemplos de que lockdown não resolve nada, como Ilhéus e Itabuna, com mais de 60 dias fechadas e alguns dos maiores índices de contaminação da Bahia“, pontuou Allison.

E defendeu: “Os empresários teixeirenses estão abertos e seguindo os protocolos: com higienização das mãos, uso de máscaras. Ao nosso ver, o comércio aberto é um vetor que ajuda a inibir a proliferação do vírus. Não paramos a economia, as coisas estão andando, com número de recuperações muito alto“.

Tivemos um período muito difícil ano passado e apelamos para a consciência da população e nosso gestor municipal“, finalizou o presidente do Sincomércio.

CDL

Presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), Edésio Silva

O presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), Edésio Silva, disse que desde o começo da pandemia, a preocupação foi dialogar com os poderes para que o comércio continue aberto: “Temos que cuidar da saúde física e da financeira“.

Eu faço um agradecimento especial ao nosso prefeito, Marcelo Belitardo, por ter flexibilizado esse horário do comércio. Foi um bem muito grande para a cidade. Teixeira de Freitas dá um exemplo para o Brasil, mesmo com altos índices, inclusive recuperados“, comentou.

Edésio também reforçou o papel da população em se conscientizar. “Temos que nos unir contra esse mal maior, que não é partido político, ideologia, é um vírus que veio contra a humanidade. Não estamos falando de autoridades, somos todos. O momento é de abraçar a causa, com a flexibilização. Ao sair do trabalho, ir para casa“.

E finalizou: “A CDL está sempre de portas abertas para todo o comércio da cidade“.

Uma carreata pela ruas da cidade marcou o agradecimento da entidade ao Governo Municipal. [veja fotos na galeria abaixo]

Eltes Junker, comerciante

Eltes Junker, comerciante, foi enfático: “Na minha opinião, a prefeitura está com a razão. Se a pessoa não morre de covid-19, vai morrer de fome. Tem muito colega meu fechando. Muito dinheiro foi repassado para a covid-19 e o comércio está quebrando. A população também deve se conscientizar“.

Janaele Gomes

Para Janaele Gomes, “no momento em que estamos vivendo, não era para briga política“. “O que temos que pensar é enfrentar a pandemia da melhor forma. Não necessariamente fechar o comércio, mas tomar medidas sim“, sugeriu.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui