Tecnologia na genética auxilia produtores

A genética apurada tanto para a pecuária de corte, quanto para a pecuária de leite. Podemos presenciar que recentemente a genética tem dado um avanço significativo para quem vê uma propriedade rural como empresa, porque é dessa forma que temos que avaliar, encontramos hoje no mercado a genética na pecuária de leite, que traz ao produtor a possibilidade de compra de sêmen sexado, ou seja, que pode escolher fêmeas ou machos de acordo com a atividade que o produtor desenvolve. Se uma atividade voltada para o leite, o sêmen sexado com maior probabilidade de fêmeas; se a atividade é o corte, o sêmen sexado com maior probabilidade de machos. É importante ressaltar também que as vezes imaginamos, que o valor do sêmen é muito caro, que os pequenos produtores não podem ter acesso a essa tecnologia, mas ao contrário, os valores aplicados no mercado, tornam possíveis a compra por pequenos, médios e grandes produtores.

Além da genética, temos que despertar para a cultura de produção mais tecnificada, com a utilização de máquinas e implementos, de forma própria, por financiamentos de projetos bem estruturados ou através de cooperativas rurais, como foi levantado por este colunista na edição passada.

Portanto, companheiros produtores, vamos buscar a aplicação das técnicas, vamos fazer de nossas propriedades um solo altamente produtivo, seja de qual atividade for, para que possamos ter lucratividade no campo e o desenvolvimento de nossas vidas. Ficar apenas olhando o pasto do vizinho achando ser mais bonito e vistoso, não nos trará desenvolvimento, se assim for, vamos ao vizinho perguntar o que está fazendo, com quem está fazendo e qual o resultado adquirido.

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui