TALVEZ UM DIA…

Talvez um dia, eu acredite mais no ser humano. Quando formos capazes de olhar nos olhos um dos outros, sem mentir.
Quando pudermos dizer palavras não pelos seus significados, mas sim pelos sentimentos que elas carregam.
Quando o ódio e vingança deixarem de andar de mãos dadas num mundo onde o corpo tem mais importância que a alma.
Talvez um dia, um belo ou catastrófico dia, irei sentir alivio num abraço sincero, irei chorar por aqueles que conquistei e que me mantiveram… Saberei reconhecer a beleza dos meus semelhantes, não pelo que dizem e nem pelo que pensam, mas sim pelo que são: alma e coração. Sentirei imenso prazer, pela primeira vez na vida, em poder olhar pro céu e dizer à Deus que acredito numa das obras mais lindas que ele fez: nós mesmos.
Pense nisso!

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui