Taekwondo muda o futuro de jovens da região

Por Milla Verena

 

O técnico Romildo Barbosa, faixa preta 4ª Dan, arbitro e mestre, filiado a Federação Esportiva Baiana de Taekwondo, há muitos anos atua na região realizado trabalhos sociais onde o taekwondo e seus princípios são usados como instrumentos de inclusão social.

Barbosa ressalta a importância do esporte na vida de centenas de jovens em situação de risco social, que veem no taekwondo uma perspectiva de futuro melhor.

Com relação aos projetos com o taekwondo já desenvolvidos na região, o técnico destaca o Projovem, do Governo Federal, através da Secretaria de Ação Social, no qual atente crianças e jovens dos bairros Frei Calixto e Vila Vitória, e dos distritos de Pindorama e Vera Cruz; e o PETI – Programa de Erradicação do Trabalho Infantil, que atua nos bairros Ubaldinão, Vila Vitória e Frei Calixto. Juntos os dois projetos mobilizam, aproximadamente, 200 alunos.

É relevante enfatizar que esse trabalho já está gerando frutos, como é o caso de Poliana Gama, 16 anos, faixa amarela ponteira verde, aluna do projeto em Vera Cruz, que há pouco tempo ganhou em 1º lugar uma competição estadual e já se prepara para novos desafios.

Após mostrar a importância e os resultados deste trabalho, o técnico pede ao governo e aos empresários que colaborem com esses projetos sociais, através de patrocínios, apoios e doações.

Barbosa adianta o 1º Torneio Intermunicipal de Vera Cruz será realizado no dia 4 de julho (a data está sujeita a alteração). E, para os interessados, que ele já começou a dá aulas de taekwondo na Academia Elite.

Finalizando, o técnico agradece ao apoio que o pastor João Portela, secretário de Ação Social.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui