Suzano Papel e Celulose realiza formatura de curso profissionalizante em Helvécia, distrito de Nova Viçosa (BA)

Fábrica da Suzano em Mucuri. Foto reprodução

A Suzano Papel e Celulose promoveu a cerimônia de formatura do curso de Mecânico de Máquinas Florestais, uma iniciativa da empresa em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI). O evento celebrou a formação dos participantes do curso promovido na comunidade quilombola de Helvécia, em Nova Viçosa (BA). Na ocasião, os jovens também receberam o certificado do curso de empreendedorismo aplicado pelo IEL, órgão extensionista do SENAI, durante as aulas.

A cerimônia de formatura contou com a presença de familiares dos participantes, líderes da comunidade e representantes políticos, entre eles, Ruberval Porto, Vice-Prefeito de Nova Viçosa e Francisco Geovane Rosal, Secretário de Meio Ambiente e Obras. Essa foi a turma com menor índice de desistência já registrado, dos 30 matriculados inicialmente, 28 concluíram a formação.

Com carga horária total de 348 horas, o curso concluído em 05 de novembro ofereceu aos estudantes a oportunidade de receber capacitação técnica e profissional, assim aumentando as possibilidades para o ingresso no mercado de trabalho. Além disso, as aulas, realizadas na sede da Associação de Capoeira abordaram o espirito empreendedor nos participantes.

A iniciativa faz parte de uma série de outros cursos que vem sendo realizados pela Suzano na região do sul da Bahia. “Os cursos profissionalizantes ofertados na região têm como objetivo oferecer oportunidades de qualificação para as comunidades em que estamos presentes a fim de fomentar o desenvolvimento e avanço nas regiões”, afirma Mariana Andreatta, Coordenadora Socioambiental da Suzano Papel e Celulose.

Helvécia é uma comunidade tradicional Quilombola reconhecida pela fundação Palmares desde abril de 2005, possui forte tradição cultural manifestada por meio da dança da capoeira, dança do Bate Barriga e pelas festas de Padroeiro. A realização do curso é fruto de demanda discutida no Conselho Comunitário, modelo de gestão participativa idealizado pela Suzano Papel e Celulose nas comunidades em que atua.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui