Suzano inicia oficinas de capacitação para microempresários da área de logística

Suzano inicia oficinas de capacitação para microempresários da área de logística. Foto Ascom

Cerca de 60 empresas que atuam com prestação de serviços na área de transportes participaram nesta semana da primeira oficina do Programa de Capacitação e Desenvolvimento Empresarial para o Segmento de Transportes no Sul da Bahia. O evento aconteceu na terça-feira, 18 de fevereiro, em Mucuri. A iniciativa, realizada pela Suzano em parceria com o Sebrae-BA, visa fortalecer a gestão e a competitividade de micro e pequenas empresas do setor de transporte.

Lançado em dezembro do ano passado, o programa de capacitação é oferecido gratuitamente para as empresas adeptas do sistema tributário Simples Nacional, localizadas em Itabatã e região, e que atuam na cadeia de suprimentos da indústria de celulose e papel no sul da Bahia.

O primeiro tema, sobre Gestão Financeira, foi dividido em dois módulos de oficina, que acontecem nos meses de fevereiro e março. Em seguida, o curso vai abordar aspectos relacionados à Tributação e Responsabilidade Social, em palestra que acontece no mês de abril. Consultorias individuais aos microempresários também fazem parte da agenda. As atividades serão encerradas em maio, com a cerimônia de reconhecimento.

Alinhado com o direcionador da empresa de gerar e compartilhar valor, o programa foi idealizado para aprimorar a gestão e estimular a visão de empreendedorismo através do conhecimento. “Como indutora do desenvolvimento socioeconômico nas regiões onde atua, a Suzano busca contribuir para que os pequenos negócios que integram a sua cadeia de valor na área de transportes tenham gestão saudável e focada em resultados que impulsionem os resultados”, salienta André Brito, gerente de Relações Corporativas da Suzano.

Sobre a Suzano – A Suzano, empresa resultante da fusão entre a Suzano Papel e Celulose e a Fibria, tem o compromisso de ser referência global no uso sustentável de recursos naturais. Líder mundial na fabricação de celulose de eucalipto e uma das maiores fabricantes de papéis da América Latina, a companhia exporta para mais de 80 países e, a partir de seus produtos, está presente na vida de mais de 2 bilhões de pessoas. Com operações de dez fábricas, além da joint operation Veracel, possui capacidade instalada de 10,9 milhões de toneladas de celulose de mercado e 1,4 milhão de toneladas de papéis por ano. A Suzano tem mais de 35 mil colaboradores diretos e indiretos e investe há mais de 90 anos em soluções inovadoras a partir do plantio de eucalipto, as quais permitam a substituição de matérias-primas de origem fóssil por fontes de origem renovável. A companhia possui os mais elevados níveis de Governança Corporativa da B3, no Brasil, e da New York Stock Exchange (NYSE), nos Estados Unidos, mercados onde suas ações são negociadas.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui