Suzano incentiva ações virtuais de voluntariado durante a pandemia

A empresa desenvolveu o Guia de Ações de Voluntariado Remoto, no qual apresenta dicas de ações voluntárias que podem ser realizadas à distância

A Suzano fomenta o trabalho voluntário como forma de promover o exercício da cidadania e o protagonismo social para construção de um mundo melhor.  Por meio do Voluntariar, programa existente antes mesmo da fusão que uniu a Suzano Papel e Celulose e a Fibria Celulose, a companhia reinventou e adaptou diversas atividades para que, mesmo durante a pandemia, os colaboradores, prestadores de serviço, familiares e parceiros continuem realizando ações sociais, reforçando o propósito de promover uma mudança positiva na sociedade.

Entre uma série de iniciativas, a Suzano desenvolveu o Guia de Ações de Voluntariado Remoto, onde apresenta 10 dicas de ações voluntárias que podem ser realizadas de forma virtual,  por exemplo, Compras Solidárias, Acolhida Virtual, E-Duca, Movimentar Faz Bem e outras que contribuem para transformar a sociedade e ajudar uns aos outros. Os projetos incentivam desde encontros virtuais de acolhimento, entretenimento, apoio à atividade física, leitura e compartilhamento de conhecimentos, até dicas de receitas saudáveis e doações de produtos de necessidades básicas.

Uma das principais ações desenvolvidas é a Acolhida Voluntária, que cria uma rede de pessoas que vão se conectar semanalmente, levando acolhimento, amor, solidariedade, orientação, empatia e bom humor. Compras solidárias também é uma das ideias propostas, em que o objetivo é fazer compras de produtos essenciais de estabelecimentos, como mercado e farmácias, e ajudar aqueles que mais precisam, evitando aglomerações nesses locais.

Na Unidade Mucuri, vários colaboradores se inspiraram nas dicas do Guia de Ações de Voluntariado Remoto. Entre eles Elisângela Silva Oliveira, líder de P&D, que juntamente com outros oito colaboradores arrecadou fundos e adquiriu cestas básicas que beneficiaram 272 famílias. Iniciativa semelhante foi protagonizada por Ademilton Gomes, assistente técnico de manutenção, e Camila Pereira, auxiliar administrativo. Eles mobilizaram os colaboradores do Centro de Manutenção, que doaram cestas básicas e ajudaram 440 pessoas.

Denizete Lucia, analista de logística operacional, e Sérgio Adriani, gerente de produção, também mobilizaram seus familiares e, seguindo as dicas do Guia preparado pela Suzano, fizeram compras solidárias para ajudar famílias em situação de vulnerabilidade social. O engajamento dos colaboradores no Voluntariar é uma demonstração de que a solidariedade também pode ser exercitada de maneira remota.

“Há duas décadas o Voluntariar é uma forma de inspirar as pessoas visando a construção de um futuro melhor. Na Suzano, buscamos continuamente sermos agentes de transformação na sociedade ao estimular o engajamento social para promovermos mudanças positivas na sociedade, principalmente neste momento tão desafiador”, ressalta Elisabete Flores Pagliusi, Coordenadora do Programa Voluntariar da Suzano e Projeto de Formação. “Reconhecemos que cada pessoa tem muito para contribuir com o próximo e que, juntos, geramos conexões para fortalecer o trabalho voluntário”.

O Guia Remoto de Voluntariado está disponível no site da Suzano e qualquer pessoa interessada em exercitar a solidariedade de forma remota pode baixar o material e inspirar-se nas dicas, sugestões e exemplos. Confira: www.suzanocontraocoronavirus.com.br e venha fazer parte dessa corrente do bem!

 

Sobre a Suzano

A Suzano, empresa resultante da fusão entre a Suzano Papel e Celulose e a Fibria, tem o compromisso de ser referência global no uso sustentável de recursos naturais. Líder mundial na fabricação de celulose de eucalipto e uma das maiores fabricantes de papéis da América Latina, a companhia exporta para mais de 80 países e, a partir de seus produtos, está presente na vida de mais de 2 bilhões de pessoas. Com operações de dez fábricas, além da joint operation Veracel, possui capacidade instalada de 10,9 milhões de toneladas de celulose de mercado e 1,4 milhão de toneladas de papéis por ano. A Suzano tem mais de 35 mil colaboradores diretos e indiretos e investe há mais de 90 anos em soluções inovadoras a partir do plantio de eucalipto, as quais permitam a substituição de matérias-primas de origem fóssil por fontes de origem renovável. A companhia possui os mais elevados níveis de Governança Corporativa da B3, no Brasil, e da New York Stock Exchange (NYSE), nos Estados Unidos, mercados onde suas ações são negociadas.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui