Sob os cuidados de Deus

“Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito.” (Romanos 8.28)

As vezes leio este verso procurando entender o sentido de saber que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam. O que é saber isso e o que saber isso faz com a gente. Penso também na razão de Paulo haver escrito “aqueles que o amam” e não “aqueles que Deus ama”. Penso sempre que deveria depender do amor de Deus e não do meu, para que Ele haja em todas as coisas para o meu bem. Mas refletir a respeito me ajudou.

Amar é nossa maior necessidade e nossa maior fraqueza. Seríamos mais felizes se amássemos melhor e amar mais nunca será demais. O dever de amar está escrito em nossa natureza, é uma necessidade fundamental, pois fomos criados à imagem e semelhança do Deus que é amor. Contradizer isso é nosso maior pecado e engano. Mas como podemos entender o amor que devemos dar a Deus. Como é amar a Deus? Amar a Deus tem a ver com algo cuja fé e um aspecto. Ou seja, começamos a amar a Deus crendo nele. O amor a Deus começa com a fé. E crer em Deus é confiar nele ao ponto de submeter-se. Quando nos submetemos a Deus estamos no caminho de ama-lo. Amamos a Deus confiando em sua vontade, em seu caráter e suas intenções. Amamos a Deus celebrando sua grandeza, sua perfeição e, sobretudo, deleitando-nos em seu amor. Esses são exemplos de como amamos a Deus. E tudo isso vai nos colocando sob Sua influência para que Ele realize o melhor por nós e por meio de nós.

Deus trabalha para o bem daqueles que o amam, porque são estes que se colocam sob sua influência para serem guiados e cuidados. Deus age para o bem em meio a toda e qualquer circunstância pois o modo como realiza o melhor não é por meio da mudança das circunstâncias que nos envolvem. Ele age dando-nos sabedoria e direção para lidar com as circunstâncias, de modo que o mal não prevaleça, mas sim o nosso bem.
Estar sob essa ação de Deus não significa que tudo será agradável para nós e que a vida fluirá fácil ou que sempre nos sairemos bem. Significa que poderemos seguir melhores apesar de qualquer coisa. Poderemos continuar seguros em Suas mãos. Nem sempre entenderemos a ação de Deus e algumas vezes será como se Deus nada estivesse fazendo. Mas Deus sempre está agindo para o bem dos que o amam e seu silêncio não é o mesmo que sua ausência.

Porque Deus nos ama, ele nos possibilita amá-lo e mesmo na precariedade de nosso amor, experimentaremos seu cuidado. Paulo recebeu o cuidado divino e compreendeu que, em meio aos seus descaminhos e fraquezas, em meio a lutas, naufrágios e prisões, Deus agiu e nas circunstâncias mais improváveis, promoveu algo bom. Creia assim também. Ame a Deus. Pois o nosso Deus continua a agir em todas as coisas para o bem dos que o amam.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui