Sistema CPM passa a ser realidade na educação de Mucuri

A conquista para a educação do município se deu através da assinatura de convênio

Solenidade de assinatura de Convênio de Implantação do Sistema Militar em Mucuri. Fotos: Elizeu Portugal/OSollo

Na manhã desta quinta-feira, 02 de maio, a rede pública de educação de Mucuri conseguiu uma grande conquista. Com a Câmara de Vereadores lotada, foi assinado o convênio de implantação da disciplina militar na Escola Municipal Deputado Luís Eduardo Magalhães.

A solenidade contou com a presença do prefeito de Mucuri, dr. Carlos Simões; a secretária de Educação Ronilzia Guerra; o comandante da 89ª Companhia Independente de Polícia Militar da Bahia (com sede em Mucuri), major Anilton Almeida; além do quadro de funcionários e alunos da escola, vereadores, secretários de outras pastas e comunidade em geral.

O pastor Elífio Morais abriu a solenidade com uma mensagem e oração

O prefeito dr. Carlos lembrou a expectativa de ter uma escola propriamente militar na cidade, mas que foi inviável diante dos requisitos para sua implantação. Apesar disso, enfatizou a atuação do comandante-geral da PM da Bahia, coronel Anselmo Brandão, e demais cooperadores, que possibilitaram trazer o Sistema CPM para a escola do município.

Nós pedimos que vocês abracem isso, pois é uma oportunidade que esta equipe dá, junto à direção, professores e secretaria, para toda a vida. Assim que vocês  precisarem, terão um militar que estará disposto a defender vocês para o que der e vier. Que Deus ilumine estas pessoas e a todos vocês, para que não desviem do caminho da perfeição“, disse para o plenário.

O major Anilton e o prefeito dr. Carlos Simões

A implantação do novo sistema não interferirá no setor pedagógico da escola. A metodologia de ensino reúne habilidades que destacam os Colégios da Polícia Militar (CPM), com foco no combate à indisciplina – problema refletido no desempenho dos alunos.

Segundo o major Anilton, o militarismo vem contribuindo não só com a nação brasileira, mas com o mundo, e em Mucuri não será diferente.

O que a gente vai estar aplicando é algo que já vinha exercitando lá atrás e se perdeu no tempo por uma série de fatores – e aí veio a inversão de valores. Estaremos, daqui a algum tempo, olhando para o município, colhendo os frutos dessa plantação feita neste ato“, disse o comandante, em uma referência à parábola bíblica da semeadura

A adequação da instituição é mediante padronização de pintura e uniformes, com a incorporação de militares da reserva dentro do cotidiano escolar. Estes que foram apresentados durante a solenidade.

Militares que atuarão na escola

Demais autoridades falaram sobre a sensação de sonho realizado. Para a secretária de Educação, Ronilzia Guerra, foi fundamental o apoio da gestão. “Eu e a diretora da Escola Luís Eduardo Magalhães visitamos escolas onde já funciona o sistema. Sem o apoio do gestor, as coisas não conseguem fluir“, disse, ao parabenizar o prefeito.

A diretora Viviane Mamona ressaltou o fato de a implantação ter sido, até então, um anseio da sua equipe. Ela contou que a aceitação dos funcionários foi unânime ao informar sobre o projeto.

Dr. Carlos, prefeito de Mucuri, assina o convênio

O presidente da Câmara Municipal de Mucuri, Alexandre Seixas, também cumprimentou a mesa e classificou como ‘uma honra’ vivenciar a nova realidade.

Não desmerecendo as outras pastas, mas a Educação tem se destacado no Governo Carlos Simões. Tudo é dificuldade, mas com fé em Deus vamos vencer“, comentou em sua fala.

Galeria de Fotos

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui