Sete propósitos para o ano novo – Parte 1

Assim, quer vocês comam, bebam ou façam qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus.” (1 Coríntios 10.31)

Não há como evitar: entramos na contagem regressiva. Em breve 2020 começará, fechando a segunda década do milênio e inaugurando a terceira, se Deus assim nos permitir. Quantas vezes já inaugurou um novo ano? Já aprendeu como fazer? Cada novo ano tem sido melhor que o anterior? Espero que sim. Como forma de terminar o ano e preparar-se para o próximo, convido-lhe a sete dias de reflexão sobre sete propósitos que sugiro como orientadores de sua jornada ao longo dos novos 366 dias de 2020, visto que será ano bissexto. O que significa que teremos um dia a mais para fazer dele o melhor de nossa vida. Que Deus abençoe você e que você seja uma benção para todos ao seu redor.

O primeiro propósito que sugiro é: em 2020 procure honrar a Deus em todas as coisas. Só há uma forma de você cumprir este propósito: precisará buscar mais a Deus, para conhece-lo melhor e aprender a confiar nele. Um dos impedimentos a uma vida que honre a Deus em todas as coisas, como orientou o apóstolo, são nossos enganos sobre Deus. Nossas ideias erradas sobre o que Ele espera de nós e sobre quem Ele é. Deus nos conhece e não espera o que não podemos dar. O salmos disse que Ele é como um pai tem compaixão de seus filhos; Ele sabe do que somos feitos e lembra-se de que somos pó.” (Sl 103.13-14) Seus propósitos para nós são bons. Sua vontade é boa, perfeita e agradável (Rm 12.2). Ele sabe como lidar conosco.

Assim, anseie por Deus e não se contente com ídolos, com as imagens falsas de Deus. Pergunte a Deus se o que pensa dEle está correto ou não. Faça isso e não fuja das angústias e dúvidas que possam surgir. Enfrente-as em oração. Ele nos enviou Jesus para que tivéssemos vida em abundância, apesar das circunstâncias. E para que haja essa vida precisamos conhecer a verdade sobre Deus. Deus tem vida abundante para você em Cristo. Andar com Deus envolve nãos e sins, lutas e descansos, silêncios e palavras, certezas e dúvidas, choros e risos. Um encontro verdadeiro com Deus sem dúvida alguma nos levará a um encontro verdadeiro conosco mesmos. E será neste ponto que poderá acontecer a entrega completa de nós a Ele. É este o lugar da adoração. É deste lugar que poderemos, em todas as coisas, honrá-lo. Em 2020, pertença mais a Deus, confie mais em Deus e escolha honrá-lo em todas as coisas. Eu lhe asseguro: você não se arrependerá.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui