Servidores em greve ocupam Câmara Municipal de Itabuna

Categoria é contra projeto que prevê alteração do regime jurídico dos servidores. Foto: Reprodução/TV Santa Cruz

Desde segunda-feira (13), servidores municipais de Itabuna ocupam a Câmara de Vereadores do município. Uma medida liminar obriga os servidores a deixarem o local.

A categoria teme por perda de direitos previstos na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) devido à votação de um projeto que prevê alterações no regime jurídico. Em uma eventual aprovação, os profissionais serão funcionários diretos do governo e os direitos e deveres estarão previstos em lei municipal.

A greve começou no dia 10, paralisando escolas e serviços de saúde (mantendo apenas 30%). A sede do Poder Legislativo suspendeu os trabalhos em decorrência da manifestação.

A prefeitura disse que propôs a mudança no regime de trabalho dos servidores municipais para tentar equilibrar as finanças do município, dando maior segurança aos funcionários a partir da implementação de um plano de cargos, carreiras e salários.

Com informações: G1 Bahia

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui