Otto Alencar participa da inauguração do primeiro Reviveiro Velho Chico

Senador é o idealizador do projeto; unidade será instalada em Bom Jesus da Lapa e tem objetivo de ajudar na recuperação do rio da integração nacional 

 O presidente da Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle do Senado Federal, Otto Alencar (PSD-BA), participa, nesta terça-feira (26/7), às 9h, da inauguração do primeiro Reviveiro Velho Chico, na Bahia. A unidade será implantada, na cidade de Bom Jesus da Lapa, berço religioso do Rio São Francisco.

 

A Escola Municipal Nossa Senhora Aparecida, no Bairro Lago Grande, foi a escolhida para abrigar o reviveiro. O senador Otto Alencar é o idealizador do projeto que será executado, em parceria entre o Instituto Fábrica de Florestas, a Prefeitura Municipal de Bom Jesus da Lapa e as empresas Coca Cola e Braskem.

 

Otto Alencar adiantou que a unidade de Bom Jesus da Lapa vai atender 50 escolas municipais, estaduais e técnicas federais. A previsão é de estender o projeto, em breve, para outras duas cidades, Barra do São Francisco e Barreiras.

 

O Reviveiro Velho Chico agrega educação ambiental com a produção de mudas nativas para restauração ecológica de áreas degradadas. De acordo com o senador, o empenho e esforço do prefeito de Bom Jesus da Lapa, Eures Ribeiro, em ajudar na recuperação e revitalização do São Francisco, foi fundamental para viabilizar o projeto assim como a participação e investimento das empresas.

 

Mudas – No interior do Viveiro Escola, além da produção de espécies nativas locais, será realizado trabalho de sensibilização e capacitação de diversos setores sociais – estudantes, associações, cooperativas, dentro outros, para temas relacionados a ecologia, a florestas e a proteção e recuperação de recursos hídricos.

 

O diretor executivo do Instituto Fábrica de Florestas, Álvaro Oyama, calcula que as primeiras mudas produzidas no Reviveiro de Bom Jesus da Lapa comecem a ser plantadas nas margens do Rio Corrente, um dos principais afluentes do São Francisco, em seis meses. As unidades de Barra do São Francisco e Barreiras, atenderão, quando instaladas, o Rio Grande.

 

Prioridade – A recuperação e revitalização do Velho Chico é prioridade do senador Otto Alencar. Em novembro do ano passado, a Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor, Fiscalização e Controle fez diligência, em Bom Jesus da Lapa, para verificar a situação do rio.

 

Por sugestão do senador a CMA também acompanhou ao longo do ano passado, a política pública de revitalização da Bacia Hidrográfica do Velho Chico.

 

Desde que assumiu o mandato de senador, em 1º de fevereiro de 2015, Otto Alencar tem manifestado grande preocupação com o São Francisco, conhecido como “rio da integração nacional” por cortar cinco estados – Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Sergipe e Alagoas.

O senador tem alertado constantemente para o comprometimento dos afluentes, prejudicados pelo despejo de esgoto, assoreamento e destruição de mata ciliar.

 

“Apesar do acelerado aumento da utilização das águas do São Francisco não têm ocorrido investimentos dos governos federal e estaduais suficientes para garantir a preservação de nascentes e afluentes do rio”, disse.

Para o presidente da CMA, sem a revitalização não será possível a transposição das águas do São Francisco e o rio será apenas um caminho de areia em pouco tempo.

 

 

 

 

Assessoria de Imprensa do Senador Otto Alencar (PSD/BA)

 

Paloma Batista

(71) 99979-7126

Adriana Miranda

(61) 8593-5569

 

Mais informações:

 

Facebook | https://www.facebook.com/ottoalencaroficial?fref=ts

 

Twitter | https://twitter.com/AlencarOtto

 

Instagram | http://instagram.com/ottoalencar

YouTube | https://www.youtube.com/user/ottoalencaroficial

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui