Secretários nomeados por Flávio Baiôco pedem demissão em Eunápolis

Em Brasília, acompanhando julgamento: Bonomo, Evaí Fonseca, Carletto, Robério, Paulo Magalhães, Hélio Lima e Miro. Foto Reprodução rede social

De acordo informações do site Radar 64, pelo menos três secretários municipais da Prefeitura de Eunápolis, nomeados durante o período de afastamento do prefeito Robério Oliveira (PSD), anunciaram, na tarde de quarta-feira (04), que já colocaram seus cargos à disposição. A decisão foi tomada após o Tribunal Regional Federal da Primeira Região (TRF1) autorizar o retorno de Robério à função.

Adail Brito e Anara Sartório, indicadas pelo então prefeito em exercício, Flávio Baiôco (Podemos), para as secretarias de Educação e Saúde, confirmaram ao site Radar64 que já estão com os pedidos de demissão em mãos.

“Robério tem o direito de escolher o secretariado dele. Achei ético e correto pedir a minha exoneração, já que eu havia sido indicada por Baiôco”, declarou Adail.

O superintendente de Comunicação da prefeitura, jornalista Jackson Domiciano, informou que o secretário de Governo, Rafael Oliveira, também pediu exoneração.

“O grupo ligado a Baiôco e ao ex-prefeito Neto se reuniu ontem [quarta-feira] à tarde, após a decisão do TRF1 e decidiu que era melhor sair”, informou Jackson, sem dizer se ele também vai pedir desligamento, uma vez que foi nomeado pelo vice-prefeito Flávio Baiôco.

Ainda conforme o Radar64, ainda não se sabe se o prefeito Robério Oliveira vai aceitar os pedidos de demissão. Ainda não há notícia se Oliveira já chegou à Eunápolis. Ele estava em Brasília, na tarde de quarta-feira (04), acompanhando o julgamento do recurso no Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) que o reconduziu ao cargo. Até a última atualização desta notícia, nenhuma exoneração havia sido publicada no Diário Oficial do Município.

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui