SEC realiza seminário para debater aproveitamento de estudos e outras pautas

SEC realiza seminário para debater ensino integral, aproveitamento de estudos e currículo escolar – Foto: Divulgação

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC) realizou, nesta quinta, 07 de janeiro, mais um encontro do “Seminário on-line de Integração para a rede de ensino“, através de uma live no canal oficial da instituição no Youtube, Educação Bahia. De acordo com o coordenador executivo de Projetos Estratégicos da SEC, Marcius Gomes, o encontro teve como objetivo realizar um debate sobre os Centros Juvenis de Ciência e Cultura (CJCC); o aproveitamento de estudos; a educação em tempo integral e o currículo escolar.

“Apresentamos a construção das ações de educação integral em 2020; propomos condições para uma avaliação diversificada do currículo e discutimos o aproveitamento de estudos. Além disso, aproveitamos o momento para falar das possibilidades de ampliação do tempo integral por meio dos programas e projetos, com destaque para as experiências das estações do saber do CJCC”, esclareceu o coordenador.

Na primeira oficina do seminário, o diretor de Educação Integral da SEC, Astor Vieira, falou sobre algumas ações do CJCC e ressaltou a possibilidade da experiência ser replicada em outras unidades de ensino no Estado. “A Educação Integral é pensada de forma estratégica. Uma das ações que estamos propondo é a extensão dessa experiência para as 210 unidades de ensino na Bahia. Com a iminência da implementação do novo Ensino Médio, percebemos que a Educação Integral já trás muitas dessas propostas e que podemos levar a expertise adquirida nesses espaços para ajudar a implementar essas inovações, criando novas possibilidades que atendam a nossa juventude e as demandas pedagógicas do novo Ensino Médio”.

Foto: Divulgação

Mateus Fadigas, vice-diretor do CJCC em Feira de Santana, apresentou as propostas centrais dos projetos praticados nos espaços e contou que as unidades prezam por atividades interdisciplinares e interseriadas, com oficinas que mobilizam o conhecimento através de áreas diferentes. “Atuamos com uma integração de estudantes de séries e idades diferentes e esse diálogo é muito positivo. O CJCC possui quatro pilares que norteiam nosso trabalho: o estudante é autor de sua jornada, o conhecimento é transmídia, a escola é conexão e aprender é divertido. Estas máximas são a base para todo o processo, além disso preservamos o conhecimento popular com os adquiridos na escola”.

Na segunda oficina, a professora Rosa Helena, representando a coordenação de Educação Integral, mediou as explanações dos professores Janilton Almeida  e Tereza Cristina, que  comentaram e responderam dúvidas sobre os aproveitamentos dos estudos dos estudantes concluintes em 2020, assim como demonstraram possíveis instrumentos unificados para avaliação.

Nesta sexta, 08 de janeiro, o seminário terá mais um encontro, iniciando às 14h e serão apresentados as novas perspectivas para o estágio e TCC; as tecnologias sociais; as possibilidades de empreendedorismo e o planejamento e gestão financeira da Educação Profissional e Tecnológica. O evento não requer inscrição prévia e tem como público-alvo os diretores dos Núcleos Territoriais de Educação (NTE), funcionários, coordenadores e gestores das unidades de Tempo Integral do Estado.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui